O Melhor da Liberdade

19 de abril de 2013 por hdelarosa

Ah, nada como a Liberdade! Esse sentimento de poder fazer o que a gente quiser, na hora que a gente quiser, do jeito que der na telha… Não vamos falar sobre isso hoje hahahaha #showdotom #zorratotal. O post de hoje é pra você que tá precisando de uma dica legal de passeio pro fim de semana!

Quando eu morava no interior, meu sonho era morar em São Paulo para ir sempre no bairro da Liberdade. Claro que muitas coisas que eu queria naquela época eram malucas e não fazem mais parte da minha vida, mas definitivamente eu continuo amando aquele lugar e indo com bastante frequência. Acho um absurdo quando alguém me fala que mora em São Paulo há anos (às vezes nasceu aqui) e nunca foi lá, ou não vai lá pelo menos uma vez por mês… É simplesmente o lugar mais legal da cidade. São muitos restaurantes, bares e também mercadinhos, aliás… Que mercadinhos, né?

Pra mim não existe nada mais prazeroso do que entrar em cada um deles e ficar vasculhando tudo, até encontrar as melhores ofertas e os produtos mais legais. Mas como eu sei que muitos de vocês ainda têm dúvidas sobre o que comprar por lá, eu fotografei a minha última comprinha nos mercadinhos e hoje conto tudo pra vocês:

  • Cogumelos, Tarê e Wasabi

Apesar deles não serem difíceis de encontrar, você precisa comprar esses três produtos na Liberdade, porque lá eles são muito baratos! Uma bandejinha de shimeji que custa uns R$ 10 no supermercado comum, geralmente é encontrada nos mercados japoneses por R$ 3. Tudo muito fresco e delicioso, como você pode congelar, é ótimo comprar vários e incrementar as receitas do dia a dia. Adoro cogumelos!

Com wasabi é a mesma coisa, no Extra custa R$ 10 e na Liba R$ 4, já o tarê (molho adocicado delicioso pra comer com tudo nessa vida) não tem uma variação de preço tão grande, mas apesar de ser fabricado no Brasil, é muito difícil de encontrar em supermercados tradicionais.

  • Biscoitos do Coala

Eles são tão gostosos e fofinhos, quem resiste a um coala tão adorável recheado de chocolate? Antigamente eles eram caros, mas do nada todo mundo abaixou o preço junto e cada caixinha pequena custa cerca de R$ 2,50.

Toda vez que vou lá me seguro pra não trazer 30 e comer no café da manhã todos os dias, o mês inteiro… Daí o Raoni me lembra que nem tudo que os japoneses comem é saudável e esse biscoito tem muita gordura hidrogenada.  Vende em todos os lugares do bairro, é uma praga.

  • Sucos de Aloe Vera

Eu não sei se vocês sabem, mas a aloe é uma das coisas mais saudáveis que o ser humano pode ingerir, existem até seitas que endeusam ela… Uma amiga da minha avó fazia parte, acreditem. Apesar de deliciosos e nutritivos, alimentos a base dessa plantinha são muito caros no Brasil, então essa é uma boa oportunidade de comprar os importados.

Existem muitas marcas e alguns até com sabores artificiais. Esse que eu comprei dessa vez não é puramente de alove vera, ele é feito a base de gelatinas vegetais e custa R$ 4 a garrafinha de 500ml. Eu acho muito gostoso e ajuda a matar aquela fome inconveniente que chega de tarde.

  • Sarsaparilla

Esse é um dos itens mais difíceis de encontrar, mas precisava cita-lo porque é tão incrível e delicioso que vale a pena a procura! Geralmente esse refrigerante é vendido nos dois mercadinhos chineses da Praça da Liberdade, como se você estivesse saindo do bairro (direção contrária à Galvão Bueno). Parece Coca-Cola, mas o gosto é totalmente diferente! Ela é mais rala, muito mais refrescante e tem um gostinho meio herbal de fundo… Só experimentando pra entender, mas já adianto que é muito gostoso e que tem um pouco menos de gás do que estamos acostumados.

É um dos refrigerantes mais famosos de Taiwan e além de gostoso, faz muito bem pra quem tem problemas de pele, porque ele é feito de plantas que eliminam impurezas do sangue. Cada latinha custa cerca de R$ 3.

  • Bentôs

Geralmente eu vou pra Liberdade de domingo, se chover então… Melhor ainda, porque dai fica super vazio. Costumo chegar na hora do almoço, assim estou morrendo de fome e consigo comer muitas coisas hahahaha, daí tiro a tarde pra passear e comprar comidinhas, mas como isso me cansa bastante, gosto de comprar bentos para o jantar.

Não é comida japonesa de primeira, mas existem muitas opções de bandejas e todas são baratinhas, as mais caras custam cerca de R$ 15. Eu não recomendo comprar coisas com salmão cru, mas assumo que já comi algumas vezes e nunca passei mal, então avalie o nível de frescura do seu estomago e se joga.

  • Doces importados

Mesmo quem não é tão ligado a coisas orientais se dá bem na Liberdade, porque lá é o paraíso dos doces importados! Balas, chocolates, pirulitos, bebidas… Tem de tudo lá, desde Jelly Belly e Wonka, até os Frapuccinos Starbucks engarrafados.

  • Mupy

Quando ainda morava em São Caetano (mais de 10 anos atrás!) eu fazia ginástica olímpica num lugar chamado Agith, que tinha uma cantina que só vendia Mupy e biscoito de polvilho… Não tinha outra opção! Hahahaha, eu nunca me importei e sei que era pra gente não ficar comendo besteiras, mas talvez por causa disso esse leitinho de soja de saquinho não tem esse hype na minha vida.

Apesar disso, o Raoni é muito fã e sempre que vamos lá compramos bastante, porque é bem mais barato, cada um custa R$ 1,10 e além de saudável, é até melhor que Ades.

  • Xiang Piao Piao

Esse é tão maravilhoso que já ganhou um post só dele aqui no blog, para saber mais clique aqui. Eu sempre gostei e é uma das minhas bebidas favoritas, mas agora que o frio tá chegando meu amor por essa bebida tá muito mais forte, retomamos a nossa relação e viramos amigos inseparáveis.

Meu favorito é o original e o de inhame, cada um custa R$ 4 e vende nos mercadinhos chineses lá da ponta da pracinha, perto do Mcdonalds.

Gostaram?? Em breve quero fazer um post no mesmo esquema, mostrando todas as comidinhas de rua que vocês não podem deixar de experimentar, mas já aviso que quem for de domingo precisa comer a gyoza da feirinha! Beijo e até segunda-feira <3

Nenhum Comentário sobre O Melhor da Liberdade