Você já comeu wasabi?

5 de novembro de 2015

Essa é uma pergunta que parece meio boba, porque quase todo mundo acha que já comeu wasabi, pelo menos as pessoas que já comeram comida japonesa, né? Ainda que sem querer, já que muitas vezes ele vem escondido debaixo dos peixes no sushi, rs. Eu particularmente não gosto de wasabi, eu até como se tiver na comida, mas se eu puder escolher, todas as minhas coisas serão sem wasabi! Antigamente eu adorava, sempre pedia bastante wasabi, mas do nada aquela sensação de narinas pinicando começou a me incomodar e por causa disso, a primeira coisa que eu aprendi a falar no Japão foi "sabi nuki de onegai shimasu"… E sinceramente é uma das únicas frases que eu sei falar até hoje hahahaha. Significa "sem wasabi, por favor" e com essas simples palavras eu posso sobreviver feliz para sempre no Japão, comendo qualquer coisa em qualquer restaurante.

Screen-Shot-2014-12-27-at-12.38.06-AM

Sushi incrível do Daiedo, que me ensinou o "sabi nuki de"

A grande questão do wasabi é que na realidade, poucas pessoas já comeram wasabi de verdade… Porque wasabi é algo meio raro e caro, mas quase ninguém sabe disso. Estima-se que apenas 5% dos restaurantes japoneses ao redor do mundo trabalhe com o produto original, enquanto o wasabi que a gente encontra nos outros 95% dos restaurantes japoneses é uma mistura, feita a base de raiz-forte, mostarda e corante.

E3WYWN Ginger and wasabi

Sempre ouvi muita gente falando sobre isso, mas sinceramente nunca tinha entendido exatamente a diferença, até que um dia eu pedi um hamburguer de raiz-forte no Meats, uma hamburgueria bem famosa aqui de são Paulo que eu particularmente não sou muito fã. O hamburguer é impossível, ele é realmente muito forte e vem com muito molho de raiz-forte, ou seja, ele tem muito gosto de wasabi. Eu acho que foi a maior quantidade de wasabi que já comi em toda a minha vida… E foi assim que descobri que na verdade eu comia pasta de raiz-forte na maioria dos restaurantes. O gosto é igualzinho, com a diferença que o do Meats não tem corante, então não é verdinho.

fake-wasabi

A raiz-forte é um pouco mais fácil de encontrar e não custa tão caro, por isso que todos os condimentos a base de wasabi que custam baratinho são feitos com ela… Já a raiz do wasabi de verdade, que é da mesma família que a sua versão mais em conta, geralmente cresce apenas em lagos montanhosos e gelados ou fazendas dedicadas ao cultivo, já que ele precisa de água limpa e fresca para brotar. As duas raizes são completamente diferentes antes de serem raladas, mas pra mim a coisa mais curiosa é que nenhuma tem cheiro antes de ser ralada! Eu sempre pensei que trabalhar em uma plantação de raiz-forte devia ser horrível por causa daquela sensação de coceirinha no nariz o tempo todo, mas aparentemente é algo inofensivo, apesar de muito interessante.

maxresdefault

O que faz as duas raízes arderem é a sinigrina, uma molécula que quando rompida libera enxofre, de acordo com os livros sobre a culinária oriental. Mas justamente por esse mecanismo, o wasabi e a raiz-forte duram pouquinho quando ralados… Parece que a raiz-forte é mais fácil de manter e acaba mantendo a sua ~picância~ quando em conserva. Já o wasabi dura apenas dois dias e depois disso perde a maior parte das suas propriedades, então os restaurantes mais caros do Japão, que servem o wasabi autêntico (que precisa ser ralado em uma barbatana de tubarão pra não oxidar), recebem entregas de seus fornecedores a cada dois dias, tempo máximo para consumo do produto raladinho, que vai bem com sushi, sashimi, soba e alguns outros pratos que a gente tanto adora.

No Brasil, pelo que eu pesquisei, é quase impossível comer wasabi de verdade. Existe uma chance de eu já ter experimentado, porque já fui ao Jun Sakamoto e vi em algumas reportagens que eles importam o wasabi ralado congelado esporadicamente… Mas não sei exatamente o que significa esse ~esporadicamente~, né? Pode ser uma vez por mês, uma vez por ano, não tenho certeza.

sashimi-471802_640

Além do Jun, já vi no Paladar que nos restaurantes By Koji, Aizomê, Kinoshita e Shin-Zushi também usam o wasabi de verdade… Mas eu não os conheço, nunca fui e não sei dizer se atualmente eles ainda usam o wasabi, se é caro ou se vale a pena, então vale a pena dar uma ligada ou pesquisar resenhas na internet antes de ir conferir pessialmente.

wasabi-field

Parece que até mesmo aqui no Japão a coisa é escassa e que uma única raiz de wasabi pode custar cerca de R$ 70, o que definitivamente é mais do que eu posso pagar para sentir o meu nariz ardendo, mas para quem está com viagem marcada, ama a sensação e faz questão de experimentar esse item tão tradicional da culinária japonesa, tem uma fazenda de Wasabi na região de Matsumoto, que fica perto de Nagoya, no Japão. Pelo que eu pesquisei é um dos lugares mais interessantes do mundo para visitar e experimentar coisas feitas com essa raiz verdinha que muitos tanto amam… Tem até suco de wasabi por lá! Parece um ótimo passeio, eu com certeza vou tentar ir. Espero que tenham gostado do post, mil beijos e até mais tarde <3

Me acompanhe nas redes sociais:

Facebook – Instagram – Youtube – Viber

Nenhum Comentário sobre Você já comeu wasabi?