São Paulo – Tóquio por R$ 2.200!

11 de julho de 2016

Semana passada teve um boom de gente me falando que ia comprar passagem pro Japão, porque páginas especializadas em promoções de passagens aéreas estavam divulgando trechos para cidades chinesas, coreanas e japonesas por cerca de R$ 2.300, que viravam R$ 2.900 depois que as taxas eram aplicadas. Tá caro? Não, de fato ainda está bem barato, é um ótimo momento para comprar… Mas dá pra melhorar esse preço e nem precisa ser PHD em Google pra conseguir tal façanha, rs.

qatar

Essas páginas de promoções realmente são muito legais, porque elas nos ajudam a enxergar tendências de preço que às vezes uma pessoa que não tem o hábito de pesquisar passagens não conseguiria perceber sozinha. Mas vale a pena comprar dos links postados por elas? Dificilmente, por alguns motivos bem simples. Pra mim, o maior deles é que esses sites/fanpages divulgam links do Submarino Viagens, que é uma empresa muito maligna, com serviço terrível, que definitivamente pode estragar até mesmo as férias mais perfeitas do mundo. Eu já tive experiências terríveis com eles (clique aqui para ler) e conheço mais dezenas de pessoas com relatos parecidos… A mesma coisa vale para Decolar e cia, viu? Pouca gente sabe, mas ainda que você compre uma passagem na melhor companhia aérea do mundo, se você não comprar direto com ela, não vai poder ter o atendimento deles em caso de problemas, tem que falar com a agência que te vendeu a passagem, o que às vezes, é praticamente impossível :(

 

Uma foto publicada por raoni marqs (@raonimarqs) em

Além do lance do atendimento, ao comprar em sites de agências como Submarino e Decolar, você paga a sua passagem, mais uma dezena de coisas… Você paga a comissão do blogueiro que divulgou a passagem (o que é o mais barato e compensador, afinal muitas vezes sem ele você não saberia da promoção), paga a taxa do site, paga a comissão da empresa… Paga muitas coisas! É claro que elas não estão específicadas no preço final da passagem, lá eles colocam só coisinhas tipo taxa de embarque, mas acredite, o preço, por melhor que ele seja, ainda é muito inflado. E a prova disso é que a mesma passagem que o Submarino está vendendo por R$ 2.126 + taxas, a companhia aérea consegue vender por R$ 2.188 com taxas inclusas 😀

Melhor preço Submarino sem taxas para o trecho ▼​

Captura de Tela 2016-07-11 às 11.25.14

O mesmo trecho com taxas inclusas do Submarino ▼

Captura de Tela 2016-07-11 às 11.26.24

O mesmo trecho, da mesma companhia (Air China), com taxas inclusas e várias datas ▼

Captura de Tela 2016-07-11 às 11.21.58 Captura de Tela 2016-07-11 às 11.24.53 Captura de Tela 2016-07-11 às 11.26.02 E não estou fazendo esse post porque odeio blogueiros de viagem ou empresas que vendem passagens pela internet (tá, algumas eu odeio hahahaha), mas é que quando surgiu essa promoção da Air China, eu recebi tantas mensagens e emails de pessoas felizes falando que finalmente poderiam ir ao Japão, que esses valores cabem no orçamento delas e com algumas economias ao longo da viagem, elas conseguiriam realizar esse sonho… Que achei que precisava alertar vocês de que o sonho pode ficar melhor e que se existe uma necessidade de economizar ainda mais, existem alternativas práticas para gastar ainda menos. Não é só pela Air China não, viu? Outras companhias bem legais (e mais luxuosas) conseguem ficar abaixo do preço ~super promocional~ do Submarino se comprar direto com elas. Listei datas para dezembro, porque sei que é um mês mais fácil de viajar para todos, mas tem muitas opções de vôos… Pesquisando com calma, sempre dá pra achar preços legais:

Preço com taxas inclusas no site da Emirates ▼

emirates

Preço com taxas inclusas no site da Etihad ▼

Captura de Tela 2016-07-11 às 11.32.09

Porém, existe uma parte meio chatinha em comprar direto com a companhia aérea, nem tudo são flores: algumas companhias não permitem o parcelamento da passagem, já que essa prática de parcelar no crédito não é comum em outros países. A Air China mesmo, acho que não permite o parcelamento… Mas a Qatar é uma das que eu sei que permite, porque já parcelei passagem no site deles! É só pesquisar direitinho, com bastante calma e concentração, que tudo dá certo e dá pra achar um preço incrível sem depender de sites com atendimento ruim. No fim das contas, ainda que a Air China não parcele, uma passagem com preço cheio deles é quase o mesmo preço da primeira parcela de uma passagem comprada pelo Submarino, já que tem que pagar a taxa de uma vez só com parte da passagem logo no primeiro mês… Façam as contas!

E no fim se resolverem ir para o Japão nos próximos meses, eu posso fazer o roteiro pra vocês! 😀 Já faz um tempinho que estou dando consultoria para pessoas que querem ir pra lá, mas não sabem planejar a viagem ou não querem ter trabalho pesquisando todos os detalhes… É só me mandar e-mail que combinamos um orçamento! 😉  Espero que tenham gostado das dicas, mil beijos e até mais tarde <3

Facebook – Instagram – Youtube 

♥ Snapchat mais legal do Snapchat: helodelarosa 

Siga o meu blog no Bloglovin

17 Comentários sobre São Paulo – Tóquio por R$ 2.200!