Revista Neo2

Todo mundo gosta de uma folguinha, um tempo para ficar de pernas pro ar, relaxando muito e descansando para o próximo dia cheio. Ok, talvez eu goste um pouco mais do que a maioria das pessoas, também pela minha paixão por televisão. Mas a grande verdade é que um dos meus jeitos favoritos de curtir uma preguiça é lendo revistas. Qualquer uma delas, não sendo de carro vale tudo, noticias, fofocas, comportamento, cientificas, nunca fiquei sem aprender algo novo ou descolar uma super dica lendo uma revista, é uma forma de mídia impressa que eu duvido muito que a internet mate, ao contrário dos jornais né. Toda vez que eu acho que o mundo está perdido, eu lembro do mais novo sonho de 9 entre 10 pessoas, que é ser colunista de uma revista, então fica tudo bem porque percebo que todos gostamos, de certa forma, das mesmas coisas e estamos ~batalhando~ pelos mesmos objetivos. Mas hoje não é sobre isso que eu vou falar (kkkkkkk), o assunto de hoje é uma das minhas revistas favoritas.

 

A Neo2 é uma revista que eu descobri há uns 4 anos, de um jeito bem fora do comum. A primeira vez que tive contato para a revista foi saindo nela e, logo totalmente me identifiquei com o conteúdo da revista (hahahahahahaha trocadilho do ano, hahahaha sem querer). É uma revista espanhola especializada em novas tendências, mas sem ser de um jeito chato. Algumas revistas de coolhunting explicam demais as tendências, pra você identificar o motivo da coisa estar na moda. Não é o caso da Neo2, onde as reportagens e dicas dificilmente ocupam mais do que meia página.

Apesar de eu conhecer há menos tempo, a revista começou a 15 anos e é uma super referencia moderna quando se fala de moda, arte, desenho industrial, arquitetura, musica, gastronomia, desenho gráfico e outras coisinhas que você quer, eu sei. Ela é encontrada em três formatos (ai que hobbie multifacetado hahahaha):

 

  • Audiovisual

Tem uns documentários incríveis, a maioria sobre as principais cidades criativas do mundo. Eles viajam e fazem um super apanhado dos principais designers e profissionais que a gente inveja, contando o que cada um acha melhor da cidade em vários aspectos e, principalmente, contam o que a vida deles tem de melhor. É bastante curioso, fiquei sabendo do trabalho de bastante gente que eu admiro hoje nesses documentários. Já dou e recomendo David Muñoz, Jorge Cáncer-ídolo-e-amigo, Paco Roncero e também Paco Peregrín pra quem curte modas. Vários vídeos pra vocês se inspirarem essa semana, pronto!

 

  • Online

O site deles também é incrível, tem uma pegada de blogs e é mais atualizado que bolsa de valores, toda hora uma novidade. Se não fosse por ~esse portal~ jamais teria conhecido Florence + The Machine há 5 anos atrás. Lá também tem um super link que leva pro Neo2 jobs, onde você encontra as melhores vagas da Europa em relação a empregos criativos. É meio novo, mas eu já mandei e já fiz freelas incríveis, que com certeza vão contar muito na hora de arrumar o emprego dos meus sonhos, em 2045 hahahahahaah, brincadeira gente! Mas entra lá, tem vagas fixas pra quem ta pensando em viajar também, mas vira e mexe aparece um bico bom de fazer. Ah, pra você que é designer, todo mês eles dão de presente no site uma família tipográfica diferente, as mais lindas da internet e também uma sessão só de pfds para baixar de graça e se inspirar, tudo dividido por tendências! Utilidade pública, vai? 


  • Impressa

Você é moderno e antenado, né? Quiçá hipster! Então faz esse investimento, coração. Sei que ela chega 6 meses atrasada no Brasil (indignação feelings), mas custa só R$ 12,00, não paga nem a sua Caras + Le Creuset fake, não paga a sua Vogue de cabeceira que você não lê e as fotos não chegam nem aos pés. Além de culta, edificante e cheia de novidades, essa revista vai deixar a sua sala ainda mais linda, hahahaha porque as capas são incríveis. Agora sério, por mais que boa parte do conteúdo dela seja similar ao do site, tem matérias e entrevistas muito boas, faz a cobertura de vários eventos modernos mundiais e é uma dica boa pra carregar na bolsa e causar por aí se interando nas novidades. Mesmo chegando no Brasil atrasada, consegue ser mais vanguardista do que as outras revistas do gênero, surreal. Aliás, vende em várias bancas do Brasil inteiro, e toda livraria Saraiva tem. Já quem for mais abonada, pode fazer a assinatura anual dela, entrega no Brasil e custa só 114 euros <3

Ah! Apesar da edição espanhola ser muito mais incrível e a única comercializada no Brasil, a revista também tem uma edição portuguesa! Achei uma edição dela no Issu, para os curiosos.

Vocês têm alguma revista favorita? Me recomendem, to querendo fazer uma nova assinatura. Beijo!

Nenhum Comentário sobre Revista Neo2

Nenhum Comentário sobre Revista Neo2