Restaurante Ueda

17 de abril de 2012

Todo mundo tem um restaurante do coração s2. Não precisa ser caro, não precisa ser lindo, mas normalmente é um lugar que além de servir as comidas que a gente gosta, nos transmite uma alegria quase que instantânea e nos permite momentos de conforto. É isso que acontece quando eu vou no Restaurante Ueda, no bairro da Liberdade, aqui em São Paulo.

O lugar em si não chama atenção alguma, fica num prédio que quem passeia sempre pelo bairro sabe que têm restaurantes dentro, aliás vários dos melhores da Liberdade. Quando você entra no restaurante, se dá conta que é realmente um lugar para famílias felizes realizarem refeições frescas e caseiras, já que ele não tem nenhum tipo de luxo, decoração zero.  Lá dentro é um pouquinho abafado, afinal a graça de jantar lá é… Fazer o seu próprio churrasquinho na chapa, que tem em cada mesa <3 Existem vários exaustores no local, mas mesmo assim fica um clima de defumação no lugar, então se você for muito fresco ou tiver alguma festinha depois, corra!

O cardápio é um pedaço de papel que funciona também como comenda, tipo aqueles rodízios japoneses que você vai marcando o que quer comer (tudo kkkkk). Eles servem várias opções de carnes, legumes e coisas exóticas pra grelhar( tripas, e outras delicias, como testículos, que eu amo e custa R$ 14,00 a porção) e é tudo super barato! Uma porção de lula custa R$ 17,00 e serve duas pessoas de maneira bem farta,  uma de cupim ou contra filé sai por R$ 16,00, por exemplo. Ao pedir as porções eles já te trazem gohan, missoshiro, e um molho preparado com shoyu black e limão. Agora a parte mais importante, que me faz ir comer lá sempre saltitante: a entrada que eles servem é kimchi <3333 Uma conserva de acelga e pimenta vermelha, super refrescante e deliciosa, amo demais e não conheço outro lugar que sirva.

Eles servem porções de legumes e vegetais também. Quiabo grelhado, por exemplo, é totalmente surpreendente, muito gostoso! Essas são bem baratinhas, mas eu nunca peço porque já vem como guarnição nas porções de carne e como tudo é bem farto, sempre é suficiente.

Os atendentes são atenciosos e discretos, esforçados! E o dono é um senhor muito simpático, chamado Jaime, que já é super amigo do Raoni de tanto que a gente vai lá, acho engraçado e gentil o fato da memória dele ser tão boa.

Definitivamente comer lá é a melhor opção para quem quer conhecer um pouco da gastronomia coreana, porém não quer gastar muito. Da ultima vez que fui, estávamos em 4 pessoas e pedimos 3 porções de contra filé, 1 de cupim e 1 de lula, que acompanharam vegetais, arroz, kimchi e missoshiru. Para beber o pessoal pediu 6 Coca-Colas (lá é daquelas de garrafinha de vidro, tem gente que pira, né) e eu pedi banchá, como sempre. Alias o truque do banchá é incrível, porque é quentinho, digestivo, confortável e de graça na grande maioria dos restaurantes. Pode pedir sem timidez, porque eles se sentem lisonjeados e é super gostoso. Ao todo a nossa conta deu R$ 104,00. Esse valor, com tanta fartura para 4 pessoas, eu não conheço outra dica igual. Mas se você conhecer, por favor me manda que eu vou mesmo <3

  • Restaurante Ueda: (11) 3242-2080
  • Rua da Glória, 111 – 2° andar – Liberdade
  • Estacionamento no local.
  • Aberto durante o jantar, almoço apenas aos sábados.
  • Preço médio: R$25,00.

Se alguém for, me conta, manda foto, demonstra a alegria que eu compartilho. Beijo!

12 Comentários sobre Restaurante Ueda