10 remédios para ter em casa

25 de abril de 2013

Saúde! É um assunto que parece fácil, mas é difícil e tende a ficar ainda mais complicado com a mudança da estação. Quase todo mundo que eu conheço está reclamando de gripe, resfriado, sinusite e outras “ites” chatinhas que chegaram com o tempo frio e extremamente seco. Eu sou uma rata de farmácia: tem gente que adora papelarias, outras pessoas preferem perfumarias, lojas de disco… Mas meu negócio é uma farmácia, gosto de ter remédios em casa para resolver qualquer emergência e estou sempre questionando meu médico sobre novidades pra incrementar a minha farmacinha particular. Talvez você ache exagero, mas quem nunca teve uma dor de cabeça bem na noite que precisava estudar e bang! Não tinha nenhum remédio apropriado em casa?? Acontece nas melhores famílias.

Uma coisa que vocês precisam manter em mente é que algumas vezes realmente precisamos ir ao médico. Parece uma coisa simples e óbvia, mas muitas pessoas não levam isso a sério: é normal sentir dor de cabeça e tomar um remedinho, mas não é normal ter dor de cabeça todos os dias e tomar vários remedinhos inventados. Mantenha em mente que você precisa montar uma caixinha com medicamentos para emergências e frescurinhas momentâneas, mas eles não salvarão a sua vida.

Quais remédios comprar?? Hoje em dia comprar uma pastilha pra garganta ficou muito complicado, porque existe uma nova lei que impede o farmacêutico de te indicar um remédio, então se você não souber o nome exato do medicamento que quer, provavelmente vai sair de mãos abanando. Pensando nisso eu vou listar aqui algumas coisas que eu sempre tenho em casa e me salvam em momentos difíceis, mas atenção: antes de tomar tenha certeza que você não tem alergia a nenhum dos componentes da formula tá? Todos os remédios que vou recomendar são os que eu mantenho na cabeceira da cama e tomo em casos de emergência, recomendaria pra qualquer amigo meu que tivesse precisando de uma luz, mas eles não são servem pra tratamentos prolongados. Tomou um comprimido e a dor passou? Ótimo! Não passou? Vá ao médico e garanta que não se trata de algo mais grave. Eu fiquei dois anos achando que era só uma cólica forte e eram 12 pedras no rim, por exemplo hehehe.

Você deveria ter em casa…

  • Um remédio para dor de cabeça: essas dores chegam do nada e são capazes de estragar a nossa vida, ainda que momentaneamente. Pra mim o melhor remédio pra isso é Neosaldina, cura até enxaquecas e geralmente o alivio é rápido. Não tem muitas contraindicações.
  • Um remédio para gases: acho que um dos remédios que mais vale a pena ter em casa é uma caixinha de Simeticona. Muitas pessoas não sabem, mas a maioria das dores que elas sentem são apenas gases, às vezes até dor nas costas são gases! Tomo sempre que estou me sentindo inchada, ou uns três dias antes de ir numa festa mais rica, inibe bastante o inchaço abdominal.
  • Um remédio para enjôo: esse é mais pra quem viaja bastante, mas como é baratinho e salva de muitos apuros, sempre carrego uma cartela de Dramin na necessaire.
  • Um remédio para cólicas: se engana quem pensa que esse é um problema só das meninas, porque afinal, o mesmo Buscopan Composto  que mulher toma pra cólica menstrual alivia quase na hora cólicas gástricas. Pra mim é o must have da caixinha de remédios hahahaha.
  • Um remédio para alergias: tá aí um mal necessário, porém geralmente, muito caro! Eu não posso nem pensar ir viajar sem um antialérgico, até quando vou na minha mãe ou na minha sogra preciso levar, porque um inofensivo gatinho é capaz de me deixar várias noites sem dormir. Demorei bastante até encontrar uma opção baratex desse remédio e hoje em dia sempre compro Dexclorfeniramina + Betametasona, da Dexmine. Chega a ser até 10x mais barato do que os similares.
  • Uma pomada para queimaduras: essa daqui minha vó que não me deixa ficar sem, pra ela é artigo de necessidade máxima! Se você tem lábios ressecados, se queima com facilidade ou costuma ter bolhas nos pés, dentre outros machucados do dia a dia, mantenha sempre um tubo de Nebacetin por perto.
  • Um remédio para resfriados e gripes: não poderia faltar um tópico para o elixir dos deuses, recuse imitações e peça Resfenol.
  • Um remédio para dores musculares: o mais famoso e realmente eficiente é o Dorflex, mas se tiver algum genérico da cartela amarela rolando na farmácia e o preço valer a pena, pode comprar. Já tomei vários que fazem exatamente a mesma coisa.
  • Um remédio leve para o estômago: existem muitos flaconetes que prometem dar um power na digestão e um help pro fígado, mas o melhor é o Epocler mesmo. Antigamente quando eu sair pra beber com amigos eu tomava um antes e outro depois, assim ficava como nova no dia seguinte hahahaha. Amo esse gostinho de abacaxi do inferno dele, é delicioso. Inventem um pirulito.
  • Pastilhas para a garganta: essa daqui nem precisa estar na casa de todas as pessoas do Brasil, mas se você pega bastante friagem e está sempre tossindo, uma pastilha de Amidalin sabor mel e limão garante uma vida mais digna.

Onde comprar remédios? Quem responder “na farmácia” vai ficar de castigo hahahaha, apesar de que seria engraçado hahaha. Bastante gente pergunta se uma farmácia é melhor que a outra e na verdade não existe uma superior, antigamente eu falava que era a Ultrafarma, porque o preço deles é bem mais baixo e no fim das contas é só isso que importa, né? Mas quando o assunto é saúde, o problema é um pouquinho mais grave e eu não recomendo o serviço deles quando você realmente precisar tomar um remédio. A loja virtual da Ultrafarma realmente tem preços muito baixos e grande variedade de medicamentos genéricos, mas só serve pra comprar remédios de rotina ou coisinhas para emergências, remédios importantes eu nunca mais compro lá.

Mês passado eu fiz uma compra com várias coisinhas de farmácia pra ter em casa (remédio pra dor, pra alergia etc) e tive a infeliz ideia de comprar um remédio que precisava começar a tomar 4 dias depois, afinal o prazo de entrega deles é de dois dias uteis para São Paulo, yay! Só que infelizmente eles só entregaram meu pedido 6 dias depois e desconsideraram totalmente o prazo, fora que tava faltando metade do meu pedido que eles não tinham e nem acharam interessante entrar em contato pra me avisar. Ou seja: tive que começar o tratamento com uma semana de atraso porque o remédio que eu mais precisava era caro demais pra comprar de novo em uma loja física, fuéin!

Então avalie: se você realmente precisar tomar um remédio, compre ele numa loja física, nunca online, porque senão você pode acabar comprando ele duas vezes pra corrigir eventuais erros do site. Mas se você quer manter uma farmácia para emergências em casa, vale muito a pena comprar online no site da Ultrafarma, porque a economia pode ser de até 300%.

Ah! Na hora de comprar em farmácias perto de casa, eu sempre dou preferência para redes maiores, principalmente as que têm programa de fidelidade:  geralmente se você fizer um cadastro rápido, com nome, endereço e CPF, você ganha descontos exclusivos na hora de comprar.

  • Minha bombinha de Berotec = R$ 19
  • Minha bombinha com cartão fidelidade da farmácia = R$ 15
  • Minha bombinha no site da Ultrafarma = R$ 9

Faça as contas, avalie a urgência da sua necessidade e escolha, afinal uma pessoa prevenida vale por duas e eu não quero ver ninguém doente hahaha. Beijo e até amanhã <3

3 Comentários sobre 10 remédios para ter em casa