Quanto custa uma viagem para a Disney?

Desde que voltei de Orlando todo mundo me pergunta duas coisas: qual brinquedo você mais gostou e se vale a pena ir para os EUA com esse dólar caríssimo! Para a responder a primeira pergunta, eu ainda farei muitos posts, já a resposta para a segunda varia muito, ela é extremamente pessoa. Eu acho que viajar sempre vale a pena, é a coisa que eu mais amo na vida, então se eu tivesse, não me importaria em gastar todo o dinheiro do mundo em viagens, rs. Então eu acho que se a pessoa tem dinheiro suficiente e uma situação financeira em que é possível recuperar o valor gasto em um prazo não muito longo, vale a pena. Agora, se quem me pergunta juntou dinheiro por anos para ir à Orlando, eu acho que não compensa ir agora… Porque quem já esperou tanto pode esperar mais e ter realmente a viagem dos sonhos, né? Cheia de compras e com conversões mais favoráveis. Mas essa é a minha opinião, estritamente pessoal!

universal capa

Como muitos de vocês sabem, a minha viagem, por incrível que pareça foi uma viagem de trabalho. Às vezes não dá pra perceber porque provavelmente eu tenho uma das melhores profissões do mundo, que é ser blogueira… Realmente não posso reclamar, afinal por mais que muitas vezes (como na viagem, rs) seja bem cansativo, eu faço coisas incríveis por causa do blog e ir para a Disney foi uma delas! Então não tive muitos dos gastos que vou listar agora pra vocês, não vejo motivos para mentir. Pra mim essa viagem valeu muito, mas muito a pena, com certeza foi inesquecível e um dos trabalhos mais sensacionais que já fiz. Mas como sem vocês isso tudo jamais aconteceria na minha vida, eu não poderia ficar devendo um post listando quanto custa para fazer uma viagem como a minha, né? 😀

 

 

Como podem fazer simuladores de montanha russa que dão mais medo que montanhas russas? 😂 #forçafocoeflorida

Uma foto publicada por Heloísa Dela Rosa (@hdelarosa) em

 

Ao todo a minha viagem teve 17 dias e 5 deles eu passei em Miami, que com certeza foi uma cidade que eu gostei muito mais que Orlando! Mas sei que o sonho de todo mundo é Disney, então hoje vou falar apenas sobre os valores médios para conhecer ~a cidade mágica de Orlando~ e depois faço outro detalhando quanto custa ir pra Miami. No fim das contas eu acho que muita gente acaba combinando os dois destinos como nós fizemos e sinceramente, é o que eu recomendo mesmo, porque são apenas 3h de carro de um lugar ao outro.

Visto: a primeira coisa que você precisa para poder planejar a sua viagem à Orlando é de um visto americano! Ele é o grande vilão da coisa toda e o que eu mais tinha medo de não conseguir, como vocês imaginam. Fico adiando a hora de tirar meu visto para os EUA há pelo menos 3 anos e em julho criei coragem… O que foi ótimo porque logo depois da minha aprovação eu fui convidada para essa viagem, o timing foi incrível. No fim das contas o processo do visto foi bem mais prático do que eu esperava, ainda farei um post a respeito pra vocês, tá? A parte mais chatinha é o preço dele, já que a taxa custa US$ 160 e você paga antes mesmo de saber da sua aprovação. Esse valor pode ficar ainda mais caro caso vcoê prefira fazer o processo com um despachante, mas eu desaconselho essa prática, o despachante não garante a aprovação e ele na maioria das vezes não faz nada que você não poderia fazer, por conta própria.

 

 

Até o sorvete de tofu da Disney é fofinho! 💖 #forçafocoeflorida

Uma foto publicada por Heloísa Dela Rosa (@hdelarosa) em

 

Passagem: com o seu visto em mãos é hora de comprar a passagem! Nem preciso falar que tem que ficar de olho nas promoções, né? Uma passagem convencional para aeroportos da Flórida custa entre R$ 1.800 e R$ 2.100, mas esse é um destino que sempre entra promoção, então vale a pena ter um pouco de paciência e pesquisar bastante. Eu já ví várias vezes por R$ 800, então é normal conseguir comprar o trecho por US$ 300, muitas vezes até com taxas incluídas quando o vôo tem escala.

Hotel: eu nunca vi um lugar no mundo com tantos hotéis diferentes… Sei que é uma cidade extremamente turística, mas mesmo assim a quantidade me chamou atenção, viu? Orlando é uma cidade que por incrível que pareça, se adapta a todas as realidades financeiras, então vcoê vai conseguir desde o hotel mais incrível da sua vida, até o mais econômico, que consegue custar bem menos do que um hotel cápsula no Japão, por exemplo, rs. A única coisa que eu recomendo na hora da reserva é cuidado! Como é um destino muito famoso para compras, as notícias de quartos arrombados e furtos enquanto os turístas estão nos parques explodem por aí e parece que nem os hotéis do complexo Disney estão livres disso, infelizmente. Por isso tem que pesquisar muito sobre a segurança do lugar, já que às vezes o barato pode ser caro e triste. Os preços são convidativos! Dá pra encontrar hotéis legais, confortáveis e bem localizados por cerca de US$ 80, mas claro que isso é uma média e existem muitas opções por valores abaixo e acima disso também. Outra opção é alugar uma casa por lá! Nós fizemos isso e eu já contei sobre a experiência aqui no blog, clique aqui para ler. A diária é mais cara, mas na nossa casa, por exemplo, cabiam até 10 pessoas, então dividindo acaba valendo bem mais a pena.

Transporte: Orlando é uma cidade grande e mesmo que não tenha muita coisa pra fazer além de parques e compras, todas as coisas ficam bem afastadas umas das outras e acaba sendo bem caro fazer tudo de taxi por lá. Como estávamos em 4, não pensamos duas vezes e alugamos carro, porque dividindo, essa despesa valia a pena. Eu acho que foi perfeito porque podíamos fazer os nossos horários e ir onde bem entendessemos com muito mais praticidade, mas se a ideia é economizar acho que essa despesa pode ser cortada. Já vi muita gente que preferiu se hospedar em uma região mais privilegiada ou em um hotel com transfer e conseguiu fazer tudo utilizando os ônibus, então essa opção é viável sim. Mas no nosso caso o carro era indispensável (já que ficamos em uma casa, não em um hotel com transfer) e 15 dias de aluguel de um carro SUV (que era a única opção para levar 12 malas) custou em média US$ 800… Mas esse preço inclui apenas o carro e o GPS, tá? É preciso levar em consideração que os estacionamentos dos parques custam em média US$ 20 por dia e que será necessário abastecer o carro pelo menos umas 2x ao longo da viagem. Além disso também existem alguns pedágios e no carro que alugamos, eles foram pagos automáticamente com um aparelho que funciona como o Sem Parar daqui do Brasil, mas além do valor do pedágio, precisamos pagar uma taxa por utilizá-lo. Para nós, as despesas extras com o carro ficaram em US$ 250 e fomos em 6 parques.

Parques: por mais que o tema da viagem seja esse, eu achei os ingressos dos parques bem caros… É claro que fui na maioria e adorei, mas em alguns achei que eu não tive o valor investido retornado em surpresas emocionantes hahahaha, mas faz parte, né? Ir à Orlando e não conhecê-los seria um crime. Nós não fomos no Animal Kingdom porque não tivemos tempo e também não fomos ao Sea World porque eu assisti ao documentário Black Fish e isso me desinteressou totalmente, além do mais eu não curto nem cachorro que faz truque, imagina então baleia e golfinho né? Hahahaha, mas isso é pessoal meu, sei que tem gente que vai lá e se encanta. Para ir ao Epcot, ao Magic Kingdom, ao Hollywood Studios, ao Busch Gardens, ao Universal e ao Island of Adventures, gastamos US$ 525 cada uma. Compramos os ingressos aqui no Brasil, mas o preço nas bilheterias dos parques seria o mesmo.

 

 

Impossível conhecer o Mickey e não se apaixonar! Vamos embora amanhã e já mal posso esperar para reencontrá-lo 💖 #forçafocoeflorida

Uma foto publicada por Heloísa Dela Rosa (@hdelarosa) em

 

Alimentação: sem dúvidas esse é o valor que mais traz dúvidas em uma viagem para Orlando e eu também fiquei bem perdida quanto a isso, porque não fazia a menor ideia sobre quanto custava comer lá. Claro que essa é uma questão muito pessoal, afinal dá pra economizar bastante e levar lanche nos parques, comprar congelados para comer no hotel e viver de fast-food, mas pra quem gosta de conhecer restaurantes e aproveitar bem a hora das refeições como eu, recomendo separar uma média de US$ 60 por dia! Com esse valor eu conseguia comer basicamente onde eu quisesse… Claro que excluindo restaurantes luxuosos, como sempre, rs. Nos parques uma refeição custava em média US$ 15 e como estava muito calor, eu não sentia muita vontade de petiscar ao longo do dia, no máximo comprava alguns isotônicos, que custavam US$ 4,50, mas se a ideia for economizar eles podem ser levados congelados na mochila na maioria dos parques. Fora dos parques, em Downtown Disney, por exemplo, eu gastava cerca de US$ 40 para jantar, mas acho que pesquisando e fazendo escolhas inteligentes dá pra economizar até mesmo nesses lugares mais turísticos. No iHop a salada  de rango com avocado era maravilhosa, bem grande e custava apenas US$ 9 dólares!

Compras: pra essa parte da viagem, cada um leva quanto quer, quanto pode, acho que é a parte mais pessoal da conta toda mesmo. Como eu disse nos vídeos, para compras, alimentação, estacionamento e gasolina, eu levei US$ 3.000, mas com certeza poderia ter ido com menos, já vi gente que levou apenas US$ 900 para gastar com essas mesmas coisas e não passou vontade, se divertiu da mesma forma. Eu comprei muita coisa, muitos presentes, algumas coisas mais caras e a maioria delas comprei em Miami, em Orlando mesmo me empolguei apenas nos presentes, na Universal e no Wallmart. Acho que pra quem é fã da Disney vale a pena separar uma graninha extra para fazer compras nos parques, mas não era o meu caso, então gastei a minha cota nos doces do Harry Potter, pra gravar vídeos aqui para o blog mesmo, rs. Porém, os souvenirs na Disney custam caro, então a minha dica é ir às lojas da Disney em outlets antes de fazer a festa no parque, viu? Vale muito, mas muito a pena!

 

 

Não podia voltar pro Brasil antes de comer um sanduíche de sorvete do Mickey, né? 💖🍦🎉 #forçafocoeflorida

Uma foto publicada por Heloísa Dela Rosa (@hdelarosa) em

 

Bom, acho que listei tudo o que uma viagem precisa para acontecer, né?? Somando todos esses itens, uma viagem para a Disney com duração de 15 dias custa em média US$ 4.150! Mas é claro que esse valor pode dimunuir bastante se você não for em todos os parques, se não alugar carro, se gastar menos com alimentação ou se conseguir um hotel abaixo dessa média que eu listei… Tudo pode acontecer e promoções incríveis podem surgir também. Mas dá pra esse valor ficar incrívelmente maior também dependendo do que você comprar na viagem, então o que eu recomendo é que você estipule quanto pode gastar em compras e leve essa quantia em dinheiro, assim não fica passando coisas no cartão de crédito descontroladamente. Hoje, infelizmente como o dólar está caro, essa viagem que eu acabei de descrever pra vocês custaria cerca de R$ 17.000, com o dólar a R$ 4,10 e sem compras incluídas. Então façam as contas e respondam baseados na realidade de vocês se vale a pena viajar no momento econômico que estamos vivendo!

 

 

O dia em que fui gentilmente devorada por um tubarão 🎉 #forçafocoeflorida

Uma foto publicada por Heloísa Dela Rosa (@hdelarosa) em

 

Além disso, um valor que eu não listei nas contas acima mas que eu recomendo que vocês considerem é o do seguro viagem! Essa é uma coisa que eu sei que muita gente deixa pra lá pra economizar, mas eu não consigo abrir mão, sempre acho melhor prevenir do que acabar pagando muito mais caro em caso de emergências. Um seguro viagem sem frescuras e coberturas absurdas custa em média R$ 350 para 15 dias, então acho que vale a incluí-lo nas contas. Eu nunca precisei usar, mas isso não é tão raro quanto imaginamos, infelizmente.

Agora quero saber: mais alguém foi para Orlando recentemente e conseguiu fazer tudo o que eu listei por um valor menor? Alguém tem dicas incríveis para economizar? Deixem nos comentários! Espero que tenham gostado do post e que ele ajude vocês a planejar a realização de um grande sonho 😀 Mil beijos e até amanhã <3

Me acompanhe nas redes sociais:

Facebook – Instagram – Youtube – Viber

4 Comentários sobre Quanto custa uma viagem para a Disney?