Pizza Bros

25 de fevereiro de 2014

A dica de hoje poderia ser apenas uma pizzaria linda com opções exóticas e deliciosas, mas é também a realização de um pequeno sonho que morava no meu coração, yay! Rimou hahahaha. Como vocês sabem (porque eu faço questão de lembrar quase diariamente), eu sou a fã número 1 do programa da Ana Maria Braga e consequentemente da sua apresentadora, adoro adoro adoro mais do que todas as coisas. Mas calma, infelizmente eu ainda não a conheci, esse é um sonho supremo que eu ainda preciso trabalhar na realização! Mas na última sexta-feira eu conheci um dos caras mais simpáticos e prendados que já estiveram na cozinha dela… Ele foi ensinar a fazer pizza no programa uma vez, eu fiquei realmente maluca pela receita dele e agora finalmente fui no restaurante comer: valeu a pena, porque elas são incríveis!

Com Franco Ravioli! Não sou de tietar chefs, mas ele já conhecia o blog, então foi mágico <3

Ultimamente o ambiente dos restaurantes têm me incomodado um pouco, porque eu gosto de comer fora principalmente pela comida, mas amo o ritual de ficar sentada por horas conversando em um lugar confortável, enquanto experimento os pratos com calma. Adorei o Pizza Bros justamente por isso, afinal ninguém pode (ou deveria) ter pressa para comer uma coisa gigante que vem dividida em 8 pedaços, né? Lá é assim, além do ambiente ser lindo, eu me senti extremamente confortável e fiquei pelo menos umas 3 horas tagarelando com o Raoni, enquanto ele bebia vinho e eu Pepsi hahahaha. Tou numa fase zero alcólicos, nem o vinho se safou dessa!

A decoração é um amor a parte: garrafas amarradas aos montes e penduradas no bar, fotos de pessoas felizes e contentes por todas as paredes e talheres antigos enfeitando a lareira, bem naquele estilo italiano de receber bem e fazer da comida uma festa, todos os dias! Achei uma gracinha e já comecei a procurar talheres antigos pra comprar, porque amei a ideia!

Depois de uma rápida avaliação no cardápio, escolhemos nossa entrada! Foi difícil porque lá tem lula frita e eu tenho dificuldades em dizer não para frutos do mar, mas relevei porque eu tinha almoçado um buffet gigante de mariscos que me causam alergias até agora e resolvi pedir uma das especialidades da casa: o incrível pão de calabreza!

É estranha a proporção envolvida entre fotogenia e paladar, porque por mais que eu esteja estudando cada vez mais o assunto para melhorar as fotos do blog, parece que algumas comidas extremamente gostosas não saem bem nas fotos! E quando mais deliciosa, pior ela vai ficar hahahaha. É o caso desse pão de calabreza, que me dá saudades todos os dias e foi eleito pelo Raoni como a melhor entrada de todos os tempos! É uma fatia de pão bem grossa e macia, todo recheado com calabreza moída. Geralmente essa mistura seria meio seca, mas algo acontece na receita do Pizza Bros, porque ele é úmido e derrete na boca, incrívelmente especial! Foi maravilhoso com a minha Pepsi, mas tenho certeza que com o vinho do Raoni foi uma coisa de outro mundo, combina muito bem.

Sinceramente a gente poderia passar a noite comendo pães de calabreza, eles são realmente especiais… Mas eu queria muito experimentar a tal da pizza! Decidimos pedir um sabor tradicional, para comparar com outras pizzas e um sabor mais exótico, desses que eu geralmente peço quando vou em pizzaria. Uma coisa que vocês precisam saber é que eu sou extremamente fresca na hora de ligar pro delivery, começando pelo fato de que eu detesto pizza de mozzarella! Na verdade eu odeio mozzarella de leite de vaca, abro raras exceções e geralmente me arrependo, porque não gosto da textura e se não for da melhor qualidade do mundo, a comida acaba oleosa. Então amei o Pizza Bros, fazia tempo que eu não via um cardápio com tantas opções realmente tentadoras!

Pedimos uma pizza normal, de 8 pedaços, mas dividomos os sabores: meia Bros e meia Erick Jacquin! Aparentemente eles estão sempre inovando, fazendo cardápios especiais e tentando novos sabores. A Erick Jacquin por exemplo, é uma pizza que foi criada para um cardápio de chefs convidados.

Bros: mozzarella de búfala, tomate caqui, cebola, parmesão e manjericão. Eu torço um pouco o nariz para sabores tradicionais, mas o Raoni ama e dessa vez eu também amei! A pizza deles é muito diferente, pedimos massa média e ainda assim ela era fina e quase crocante por inteira, uma delícia! Acho que nunca comi uma pizza tão leve, apesar de extremamente bem recheada, ela não era enjoativa e me deixou sentindo pesada de tanto comer massa, eu amei e até quem não come cebola vai gostar, pois ela é ralada bem fininha e torna-se apenas um tempero da pizza, ao contário do que acontece normalmente, já que a cebola costuma ser bem presente, principalmente em opções com queijo.

Erick Jacquin: queijo brie, champignon paris, presunto cru, figo fresco, nozes e mel trufado. Também conhecida como uma das pizzas mais deliciosas que eu já comi! Até o Raoni que não ama figos e não é um grande fã de doce no salgado, amou esse sabor, porque todos os ingredientes combinam muito bem, nenhum sobressai e o resultado final é suave, aromático e delicioso! É uma pizza para curtir o momento, sabe? Ir comendo devagar experimentando as misturas, achei incrível e especial, vou pedir muitas outras vezes.

Pra mim uma das partes mais práticas de jantar em pizzaria, quando se é um casal, é que por mais que a gente tente, entradas, bebidas e sobremesas deliciosas, impedem que a gente coma 8 pedaços, então sempre garantimos um excelente café da manhã no dia seguinte, né?! Hahahahaha nesse caso não foi diferente, principalmente porque o cardápio de sobremesas chamou a minha atenção.

Geralmente eu sempre tento pedir um doce no fim da refeição para mostrar pra vocês todos os aspectos do restaurante, mas nesse caso foi fácil, porque eles têm uma taca que vem com brownie, sorvete de creme, chantilly, amêndoas e calda quente de chocolate… Que gostoso! Sem falar que é uma sobremesa gigante, o que faz dela o pedido perfeito para quem quer aproveitar a noite e não tá com pressa pra ir pra casa. O brownie deles é incrível, com tantas coisas gostosas em cima, virou um monumento no mundo dos doces.

O Raoni, formiguinha profissional, estranhamente foi mais contido dessa vez e pediu apenas um pudim de leite caseiro! Que depois de experimentar, descobri que também não foi má escolha, porque ele é todo furadinho, do jeito que eu gosto. Parece comidinha da vovó, né? Ele é delicioso e pequenininho, então se você não tem tanto tempo ou não quer se jogar nos doces, é uma ótima opção.

No fim das contas a noite foi muito agradável, nos divertimos bastante e só comemos coisas deliciosas! Acho que estou numa maré de sorte com os restaurantes, porque o atendimento no Pizza Bros também foi perfeito, tenho só elogios aos garçons, ao maître e ao Franco, que foi tão gentil em nos receber pessoalmente no restaurante… Ele fica andando todo contente de um lado pro outro do salão, garantindo que todo mundo está tendo um atendimento incrível e comendo coisas deliciosas!

Como vocês sempre pedem, tirei algumas fotos do cardápio pra vocês, pra terem uma ideia dos preços. É um pouco mais caro do que os deliverys da região em que eu moro, então tenho certeza de que vale a pena, afinal de contas não conheço nenhuma outra pizzaria mais barata que sirva mel trufado, figo fresco e outras coisinhas especiais que comi no Pizza Bros! A nossa conta deu R$ 170, mas pedimos várias bebidas, vinho, sobremesa… Achei o custo-benefício excelente! Outra coisa legal é que eles têm mais dois andares, então é um lugar incrível para reservar em aniversários e outras comemorações. Eu fui na unidade Vilaboim, mas existem outros dois endereços, para conhecer clique aqui.

E você,já conhecia o Pizza Bros? Já viu alguma comida na TV que ficou morrendo de vontade de experimentar? Espero que tenham gostado do post e que possam comer um pão de calabreza o quanto antes!! Beijos e até amanhã <3

12 Comentários sobre Pizza Bros