Parque das Aves – Foz do Iguaçu

Que frio! Fiquei um tempão no extremo Sul do país e fiquei de camisetinha a maior parte do tempo, daí volto das férias e a Barra Funda está simplesmente congelante. Pra quem tem doencinhas de velha, tipo rinite, artrite e tendinite, como eu, está deliciosamente insuportável viver na superfície terrestre. Mas deixa disso, vamos falar de coisas bonitinhas, de coisas bem fofinhas… Aves brincalhonas! Hahahahaha.

Essa parte é muito maneiras, mas um pouco assustadora: as araras são muito malucas e ficam dando rasantes da nossa cabeça, parecia uma rebelião, elas estavam fofas, porém chocantes!

Esse beija-flor tá em tamanho real, dá pra acreditar?? Tem muitos deles no borboletário. Aliás, pra ver borboletas é melhor ir na praça de alimentação das Cataratas, aí elas eram minúsculas.

Eu tava com muito medo desses dois no começo, porque eles chegavam muito perto da gente. Mas depois descobri que eles só queriam brincar, meu padrasto ficou fazendo carinho em um e depois vários surgiram pedindo brincadeira também hahaha.

Eu não sou muito maluca por bichinhos de estimação, até tenho o sonho de ter um cachorrinho em específico, mas não passa disso, fico olhando fotos na internet e por hora tô satisfeita hahahaha. Mas se tem uma coisa que eu adoro são aves, acho elas muito maneiras, bonitas e inteligentes. Posso passar a vida inteira vendo Agapornis na Cobasi e juro que só não compro porque na minha casa não cabe viveiro e gaiola eu acho meio mancada, por ser pequeno. Mas até aí nem sabia que curtiria tanto esse passeio, que fica em Foz do Iguaçu e dá pra ir a pé das Cataratas.

Aliás, a dica é essa: não pague estacionamento nas Cataratas e depois pague de novo no Parque das Aves, larga o carro nas Cataratas e vai a pé, não dá nem 500 metros e você economiza uns R$ 20, que já dá pra pagar a entrada do parque, que custa R$ 8.

Pensei que seria tipo uma loja de animais, só que gigante, porque eu nunca consigo imaginar essas coisas turísticas direito, né? Mas é bem mais incrível do que eu pensava, porque os animais estão todos soltos lá dentro e você pode brincar com eles! Tá… Tem uns que não estão soltos, mas eles são tão bravos que nem ia dar pra brincar mesmo hahahaah, tô bem de boa!

Achei exótico esse monte de espelho, mas tinha uma excursão de escola passando do lado e a professora deles falou que os flamingos só se acasalam se tiver muitos outros flamingos assistindo hahahaha. Daí eles colocam espelhos por toda parte, pra parecer que o público é maior! Safados.

Sinceramente não sei o nome desses bichinhos, porque acho eles meio parecidos e acabo confundindo, mas achei que as fotos ficaram tão bonitas que eu tinha que postar aqui, assim quem nunca foi pra lá se anima e vai também. É a coisa mais surreal de todas! Algumas aves vinham bem pertinho pra você passar a mão nelas, subiam no ombro, faziam brincadeiras hahahaha, eu amei! Elas já estão muito acostumadas com os humanos e são tão meigas que você anda pelo parque sozinho, podendo fazer tudo e ir em todos os viveiros, sem um guia te ajudar. É totalmente se sentir livre no mundo dos pássaros hahaha.

Eu até agora não entendi porque tinha esse macaco no parque das aves! Mas ele é maneiro, parece um Pokemon, né?

Se você curte a natureza e tem vontade de ver de pertinho mais de 800 aves e 150 espécies, esse é o seu passeio! Acho até que vale a pena ir mais de um dia, em horários diferentes, pra ver o máximo possível de bichinhos acordados. Espero que tenham gostado, beijos e até amanhã <3

5 Comentários sobre Parque das Aves – Foz do Iguaçu