Sexo na Lua

Todo mundo tem um sonho quando é criança, o meu era ser engenheira aeroespacial. Nunca tive vontade de sair do planeta nem ficar em gravidade zero por aí, eu queria só fazer contas e transformá-las em foguetes (só isso).  Eu fui crescendo e esse sonho se transformou completamente e eu quis ser editora.

Não consegui chegar no meu objetivo final ainda, mas sou totalmente apaixonada por livros e adorei o lançamento da editora Intrínseca[bb], que conta um pouco da historia REAL e muito louca de um amiguinho da NASA, que tinha o mesmo sonho que eu quando era pequeno.

Thad Roberts é um cara normal na medida do possível, sem grandes perspectivas, mas que quer pisar em Marte e está disposto a fazer qualquer coisa pra conseguir (grande coisa). Ele passa por várias fases humilhantementes/tipicamente nerds na vida dele, como ser colocado pra fora de casa por ter perdido a virgindade antes de casar, mas no fundo é um bom menino. O problema é que todo nerd, mesmo que bem sucedido, tem um incansável objetivo, e com o Thad não foi diferente: ele queria impressionar as gatinhas.

Já estagiário e familiarizado com todas as salas e corredores do instituto de pesquisas, um dia foi apresentado a um depósito especial. Nele estavam guardadas as pedras trazidas da Lua pelas missões Apollo[bb], realizadas entre 1969 e 1972: cada grama custava US$ 5 milhões.

Então ele teve uma idéia:

Vou roubar as amostras lunares trazidas pela missão Apollo e presentear a minha namorada com elas 😀 😀 😀

Colocou dentro de um Jeep um cofre com 300kg de lua e foi embora. Espalhou tudo numa cama de motel e dormiu com a sua adorada namorada Tiffany Fowler (daí o nome do livro, duh!). Passado o fetiche, tentou vender tudo pela internet por US$ 600 o grama e não tem Ciro Bottini que cubra essa oferta, então ele se deu mal… mas nem tão mal assim porque ele já está solto dando aula de física quântica. E sua historia vai virar um filme em 2013!

Quem escreveu foi o Ben Mezrich[bb], que escreveu sobre a história do Facebook[bb] em ‘Bilionários Por Acaso[bb]’ também. Eu recomendo altamente a leitura, para você ler e arrasar por aí conversando sobre ~o lado negro por trás da Nasa~, já que ele fala muito sobre festinhas, drogas e outras coisas erradas que a gente não consegue imaginar cientistas fazendo.

 

Daí eu estava pesquisando sobre o autor e descobri que Sexo na Lua[bb] é o nome de um drink super tropical! Você vai precisar de:

  • 2 colheres de leite condensado;
  • 1 dose de curaçau blue[bb];
  • 1 dose de bacardi[bb];
  • 1/2 dose de cointreau[bb];
  • 2 colheres de groselha;
  • 1 copo de suco de abacaxi;
  • Gelo.

Misture tudo e bom livro!

5 Motivos Para Conhecer K-POP em 2012

De tempos em tempos o Brasil é turbinado por uma nova onda musical que enlouquece crianças, adolescentes e social medias atrás de informações, discos, fotos, shows e maneiras de acabar com tal sucesso. Haters gonna hate, mas eu aposto que em 2012 o que vai bombar é o K-POP. Já está bombando na verdade, bandas tão famosas na Ásia quanto a Lady Gaga é pra você estão passando 36 horas dentro de um avião para fazer sucesso em São Paulo: e estão aos poucos influenciando tudo aquilo que você gosta! Como preconceito é feio e repertório é tudo nessa vida, chegou a hora de você colocar mais um assunto na sua lista de coisas que domina (:

 

  • Conheça o 2NE1:

As meninas colecionam títulos na Coreia do Sul e no Japão! Sempre entre as mais tocadas, estão pra lançar um CD em parceria com o Will.i.am que as produziu e endeusou, sucesso do próximo verão é esse cara quem meio que define, né? A MTV Iggy[bb] até bolou uma lista chamada ‘10 International Collaborations That Blew Our Minds in 2011’ e elas super encabeçaram. O videoclipe de ‘I Am The Best’ alcançou mais de 31 milhões de visualizações no YouTube e o Jeremy Scott[bb] gosta tanto delas que pediu para vesti-las e até fez um tênis em homenagem ao 2NE1.

Se você virar fã, vai fazer parte de um seleto clube que conta com a participação da Kat Graham, uma bonita de Vampire Diaries[bb] e Rihanna, que pediu uma parceria muito recentemente.

 Ouça também Hate You  e Lonely

 

  • Conheça o SE7EN:

O equivalente Coreano para Justin Timberlake também canta, dança, atua e se destaca no mundo dos negócios com uma rede de restaurantes finos. Pra provar que ele consegue fazer tudo ao mesmo tempo a Billboard[bb] divulgou semana passada que a sua nova musica ‘When I Can’t Sing’ é a 5ª mais escutada, e bem… não é a primeira vez.  A musica também é 1° lugar na parada R&B do iTunes[bb] nos Estados Unidos e 2° lugar na parada R&B do iTunes[bb] no Canadá.

Ouça também I’m Going Crazy (que tem a participação da mulher dele, lindíssima) e Better Together

 

  • Conheça o SUPER JUNIOR:

Ocupando a 16ª posição na lista dos nomes mais influentes da Coreia do Sul, de acordo com a revista Forbes, a banda deve trazer o seu gigantesco e elaborado show ‘Super Show 4’ para o Brasil ainda este ano. O clipe de ‘Mr. Simple’ foi o mais favoritado da Coréia e o 3º mais assistido do mundo em 2011. Em matéria de trending topic já ganhou mil vezes da Britney[bb] e vai ganhar de você também.

Ouça também A-CHA e Bonamana

 

  • Conheça o GIRLS GENERATION:

O SNSD (So Nyeo Shi Dae, em coreano) conquistou o primeiro lugar nas categorias de maior número de artigos lançados, maior número de campanhas publicitárias televisivas, aparições na TV, entre outras em 2011, mesmo ano em que gravou nada mais, nada menos que 36 campanhas publicitárias televisivas e o álbum ‘The Boys’, que vendeu mais de 380 mil cópias!  Tais pequenos feitos fazem com que o grupo seja considerado pela revista Forbes[bb] o mais influente na Coreia do Sul. Sou meio obcecada pela revista desde criança.

Ouça também Gee e Run Devil Run

 

  • Conheça o BIGBANG:

A banda já prometeu trazer a sua turnê mundial do CD que está lançando hoje(!!!) ao Brasil e se eu fosse o Bono Vox eu estaria chorando lágrimas de sangue porque ao show 360º dele vai parecer bananas de pijama comparado a TUDO que já foi contratado para o retorno dos meninos da banda. O líder G-Dragon é o homem mais novo listado pelos economistas como possível líder da Coreia do Sul em 2030 e o sucesso deles faz da marca uma das mais valorizadas na bolsa de valores! Tem o fato de ser a minha banda favorita também, mas tentarei ser imparcial, rs.

Ouça também Love Song e Beautiful Hangover

 

Vocês já tem alguma favorita? Beijo!

Katamari Damacy

Desde pequena eu aprendi e adoro jogar videogame. Na casa dos meus pais sempre tiveram vários consoles e na minha casa eu e o meu marido estamos indo pelo mesmo caminho.  Sempre que dá tempo eu jogo e apesar de ser obcecada por Mario Kart e focar minhas energias praticamente só neste jogo, eu tenho um jogo muito mais favorito no mundo, que infelizmente já fechei/zerei/acabei muitas vezes e não tem um modo online interessante ;(

Katamari Damacy, We Love Katamari, Katamari Forever, Katamari Earthquake, Me and My Katamari:[bb] sou apaixonada por todos os jogos da franquia, de todas as plataformas. Além dos bichinhos serem muito fofos, o jogo não viaja muito em se levar a sério, tem boas noções de física e os movies/filminhos são tão engraçados que você nem vai querer pular!

No jogo você é um principezinho (um cousin!) que ganha a missão de reconstruir estrelas, constelações e luas do seu querido e adorável pai, o Rei do Cosmos, já que a coleção dele foi totalmente destruída.  O jogo é muito fácil de jogar e não dá pra ninguém ficar perdido com os controles, acaba sendo super óbvio. Você só precisa controlar o príncipe enquanto ele rola uma bola mágica e muito adesiva, chamada Katamari. A sua bolinha vai crescendo e dependendo do tamanho que você conseguir, ela se transforma em estrela ou constelação.

Ao desenvolver da franquia, os jogos continuam bem parecidos e o que mudam são as situações: em We Love Katamari, por exemplo, uma senhora quer flores para plantar um vaso, então ela te leva em um ~grande e bonito~ jardim, daí você cata as flores (e vegetais e qualquer coisa que tiver no caminho) pra levar pra ela. Também tem uma fase que o lutador de sumo tem uma luta e precisa ficar mais gordo e mais forte, então você rola por cima de várias comidas pra ele (louco é pouco). Não vou contar coisas mais fantásticas e surreais pra vocês terem a mesma empolgação do efeito surpresa que eu tive.

Meu padrasto já fez uns bnonequinhos desses para mim <3
Os fãs vão a loucura (mesmo).

O cult por trás da diversão é que esse foi um jogo super conceituado academicamente, ganhou o prêmio da Academia de Ciências e Artes Interativas (o Oscar dos games, duh!) quando foi lançado, nas categorias design de jogo e inovação. Ou seja, sensacional. Pra mim Katamari é tipo um estilo de vida e o melhor passatempo para as suas tardes desanimadas.