Sorvetes Coreanos

Tem um docinho nessa vida que eu não conheço gente que não gosta: sorvete! Vamos combinar que mesmo o pior geladinho de todos acaba sendo uma delicia, hahahaha até aquela marca Oggi consegue ter uns gostosos e com o calor que anda fazendo nessa vida, impossível resistir.

Aqui no Brasil temos sorvetes incríveis, exemplo disso é a linha da Garoto, como não amar um picolé de Talento? Mas assumo que acho algumas coisas meio caras, não vejo sentido em pagar R$ 6,00 em um Magnum sendo que ele é a encarnação do chorume em um doce de palito. Mas felizmente já tem delicias descoladas e exóticas chegando até nossas casas, por um precinho super amigo: os sorvetes coreanos! Super importados cuidadosamente, eles costumam assustar até os mais ousados passeadores do bairro da Liberdade e já estão sendo encontrados em padarias e restaurantes de todo o país. Tá na duvida na hora de escolher qual experimentar? A dica é sempre a mesma, todos! Mas pra você não correr sérios riscos nem sofrer fortes emoções, claro que eu preparei uma super enciclopédia pra vocês, apresentando todos esses amiguinhos gelados, imigrantes da Coréia do Sul <3

  • Melona:

Esse é o mais manjado, né. Até o seu cachorrinho já deve ter provado. Mas se você ainda não experimentou corra até qualquer comércio mais próximo e compre o seu, provavelmente deve vender hahahaha. Brincadeirinha! Ele é vendido nos sabores banana, manga, melão ou morango e é extremamente amanteigado.

Vale a pena provar o sorvete mais famoso da Coréia, porém essa textura meio butter toffee  dele faz com que eu não curta muito. Quem não conhece: recomendo o de melão, claro!

  • Cledor Café e Amendoim:

Super gostoso! Acho que é o equivalente ao Magnum da Coréia do Sul, já que eles vendem essa linha como um sorvete executivo, se é que existe essa expressão no mundo, né hahahaha.

É um sorvete cremoso a base de café forte, banhado em chocolate com pedaços de amendoim. Não tem como dar errado, certo?

  • Cledor Cookie & Cream:

Gente esse sorvete é umas gracinha! Ele tem formato de biscoito, todo fechadinho de massinha de chocolate, bem gostosa e levemente crocante, com um recheio fofo de sorvete de creme com pedacinhos de cookies. Caprichado, lindo.

  • Cledor Cookie & Choco:

Esse sorvete parece um daqueles bolinhos Parmalat + Padrinhos Mágicos! Tem um gosto super forte, já que é um picolé de chocolate com pedacinhos de cookies, também de chocolate!

Super overdose de cacau e você quicando de alegria e açúcar<3

  • Berry Mix & Amêndoas:

Se eu fosse fina e morasse na Coréia (ou na liberdade, rs) esse seria meu almoço todos os dias e provavelmente jantar algumas vezes também. Quando eu olho pra esse picolé apenas uma palavra me vem em mente: céu.

Um creme delicioso de baunilha, com nuances de geléia de frutas vermelhas. Tudo isso envelopado por um chocolate delicioso, cheio de lasquinhas de amêndoas grudadas.

  • Cledor Cone:

Acho um Cornetto para magros, porque ele é mais gostoso, porém também é bem mais fininho. Um petisco crocante, repleto de refrescância no meio da tarde (kkkkk parei!). É vendido nos sabores cookies ao creme e café espresso.

  • Pop Top:

Acho que eu seria outra pessoa hoje em dia se tivesse tomado esse sorvete na infância. Ou pelo menos seria uma adulta que passa bem menos vergonha, sem ter que sugar essa garrafinha plástica pra comer esse sorvete que, parece mais uma raspadinha.

É super delicioso, vende em qualquer lugar, junto com o Melona, nos sabores banana, melancia, chocolate e tutti-frutti (que é azul e meu favorito!).

  • Yomante: 

Esse eu acho que vocês podem deixar passar, viu. Mas posso estar sendo tendenciosa, porque odeio iogurtes. É um picolé bem cremoso e relativamente light, vendido nos sabores iogurte de pêssego, morango ou kiwi. Um pouco difícil de achar pra vender, também. Não se desesperem, é meio sem gracinha.

  • Frich:

Eu curto um cafezinho, mas sem dúvidas na Coréia eles gostam bem mais que todos nós, né! Outro sorvete de café, mas dessa vez o recheio é sabor creme, bem abaunilhado (inventando palavras para descrever sabores, kkk) e a cobertura é de chocolate com café.

Tem uns pedacinhos na cobertura que eu não identifiquei exatamente o que é, tem um gosto mais forte de café, mas não chega a ser café solúvel. Gostoso!

  • Cledor Crispy Sandwich:

Só vi pra vender uma vez na vida inteira! É um sanduichinho de bolo com sorvete de creme e geléia de frutas vermelhas, tudo isso envelopado por uma fina camada de um chocolate meio hidrogenado.

Nos sorvetes coreanos a cobertura normalmente é feita com um chocolate de ótima qualidade, bem ao leite mesmo, é uma melequeira só pra comer alguns, mas acho que vale a pena pelo fator delicia. Porém nesse achei o chocolate meio plástico, mas o creme com geléia é tão gostoso que vale a pena e eu super recomendo. Se achar pra vender, aproveita!

  • Together:

Não sei a razão do nome, porque o pote é meio pequeno, não sei se rola dividir a não ser que você ame muito a pessoa, hahahah. Pra mim é o Häagen-Dazs da Coréia, apesar de ser menos delicioso, não creio que haja outro equivalente.

 É um sorvete de massa bem gostoso e leve, uma linha mais elegante que pode ser encontrada com facilidade nos sabores chá verde, baunilha, morango com baunilha e praliné de amêndoas, o melhor!

  • Cledor Fruit:

Esse é pra quem curte um cheese cake, ou seja, metade da população mundial vai amar, aposto. Um picolé cremoso sabor cream cheese com frutas vermelhas, na tradução literal, mas é meio de baunilhas o creme, então é mais parecido com um cheese cake mesmo, coberto por uma camada meio gelatinosa de framboesa.

Parece um picolé Frutilly, mas ao invés de creme, dentro tem cheese cake. Delicioso, corram!

  • Cledor Triple Combination:

Também só vi pra vender esse uma vez, lamentável hahahaha. Ele é delicioso? Muito! Mas vamos combinar que deve existir apenas pelo apelo design de sorvete contido, né.

É um picolé de baunilha, coberto com uma camada de geléia de morando e banhado com chocolate. Bonito!

  • B. B. Big:

Um dos meus favoritos! #exótica hahahahah. É um picolé estilo aquele Exagelado, mas tem sabor de feijão azuki!

Não é muito doce e tem pedacinhos de feijão e, apesar da maioria achar esse fato muito nojento, depois de experimentar você percebe que feijão é uma comida muito versátil e fica completamente sensacional no mundo dos doces. Experimenta <3

  • Samanco:

Esse é o meu sorvete favorito no planeta, sem duvidas. Não sei a razão de ter formato de peixe, já reparei que isso faz a maioria das pessoas morrerem de medo dele e nunca experimentar, hahaha.

Ele consiste em wafer recheado de creme chantilly, com uma fina camada de doce de feijão e feijões inteiros. É muito gostoso! Uma sobremesa super leve; eu odeio chantilly mas esse é demais, é muito delicia mesmo. Experimentem, por favor dê vida para esse peixinho <3

  • Pangtoa:

Sanduíches de pão de ló e sorvete são muito famosos na Ásia e essa versão tem recheio cremoso de creme batido com biscoitos. Muito gostoso, mas meio difícil de comer.

Tudo começa a derreter e você luta contra o tempo pra conseguir tomar seu sorvetinho, hahaha. Bem fácil de achar pra vender, também existe no sabor cheese cake.

  • Café Ore:

Passei alguns meses da minha vida tomando só esse picolé! Não é muito cremosão, é quase um sorbet de café, com uma cobertura crocante de café. Tipo um shot de energia, hahahaha.

  • Choco Chifon:

Outro sanduichinho, acho tão meigo (e não sei se existe esse diminutivo kkkk)! Esse éde bolo chifon de chocolate (que é quase um pão de ló achocolatado, né), com recheio de sorvete de chocolate.

Não me zoa mas eu acho que esse é o tipo de sorvete que tem que comer num prato, viu. Me sujo muito.

  • Kiwi Ajak:

Amo coisas de kiwi, acho a essência da Ásia no Brasil. Com certeza quando a minha mãe ler ela vai comentar “gente vocês sabiam que foi o pai da minha amiga que trouxe kiwi para o Brasil? Eu fui uma das primeiras a experimentar” hahaahah, ela sempre fala isso, é incrível <3

Esse sorvete é super refrescante e tem uma textura engraçada, meio gelatinoso. É praticamente um Frutilly de kiwi, fácil de comprar também.

  • Encho:

Tomei essa semana, dos achocolatados e baratinhos é o que eu mais gosto. Parece muito com o Tablito: é uma barrinha de chocolate, coberta por sorvete de creme e banhada no chocolate, com vários pedacinhos de amendoim.

  • Summer Crush:

Pra sambar na cara do nosso sacolé, dindin ou gelinho, crianças coreanas tomam seu suquinho de laranja congelado e embalado em tetra-pak. Gostoso mas sem graça, não compensa a experiência, né. Acho o nome incrível.

  • Premium Excelent:

Sorvete de baunilha para coreanos ricos, hahahaha. Ok, brincadeira! Mas o comercial dele na TV meio que transmite essa idéia. Só tomei uma vez porque não curto tanto sorvetes de baunilha, prefiro emoções mais fortes.

Mas ele representa bem mesmo, não é tão artificial e o creme é encorpado. Ví que tem pra vender também a opção “baunilha francesa”, mas não sei o que significa, alguém?

  • Gracia Cookie:

Toda vez que vejo esse potinho começa a tocar uma musica meio samba de amigo na minha cabeça, acho o nome super engraçado, hahahaha.

É um sorvete de massa, sabor (adivinhem?!) biscoito ao creme! Meio gorduroso, mas gostosinho.

  • Chapsalduk:

Essa delicinha tem pra vender em vários restaurantes japoneses de São Paulo! É um moti todo bonitinho e delicioso, que quando você morde surpresaaaaa, tem sorvete dentro!

Mimo lindo e sobremesa fofa, recomendo pelo fator experiência gastronômica 2 em 1, pra quem nunca comeu moti, hahahaha.

  • Shooting Star:

Agora o ultimo da lista, vem com uma mágoa porque eu nunca comi, hahahahaah. Nunca vi pra vender, mas vejo altos sites e várias pessoas falando dele, inclusive no Brasil, então sei que vende porém tenho azar. É tipo um Cornetto sabor creme com tutti-frutti, ou seja, já é só por isso muito superior ao Cornetto.

A grande graça e alegria deste sorvete é que ele vem com várias estrelinhas que explodem na boca e eu simplesmente amo docinhos que explodem na boca, então por favor se alguém souber onde vende me avisa que eu quero muito provar!

Vocês gostaram deste super post gigante? Ia quebrar ele em vários, mas acho chato quando os outros blogs fazem isso e eu quero ler o resto que ainda não foi postado. Então se você chegou até o final: muito obrigada, você é realmente muito importante pra mim! HAHAHAHA. Tem alguma outra dica de sorvete importado? Manda que eu coloco no post!

AH! Só mais uma coisa: você gosta de música coreana também? Eu tô sorteando o ultimo CD do BIGBANG, participa! Beijo <3

Raoni Marqs

É bem verdade que quando alguma coisa faz parte do nosso cotidiano, por mais sensacional que ela seja, acabamos nos acostumando. Aposto que a Angelina Jolie nem se dá mais conta de que o Brad Pitt é um superator famoso e que o namorado da Florence já está praticamente achando que dar aulas de literatura é equivalente a ter gravado Dog Days Are Over. Talvez por estes motivos, mesmo achando o trabalho do meu marido sensacional, eu nunca falei/mostrei coisas a respeito, hahahahaha. Mas como ele saiu num site de arte conceituadíssimo, resolvi fazer algo diferente e contar para vocês!

O Raoni, ou Raoni Marqs como ele assina seus trabalhos, é um ilustrador graduado em cinema que atua como colunista nas horas vagas, multitarefa daqueles que faz tudo com sucesso! Tudo começou há uns 3 ou 4 anos, quando ele abriu uma conta no blogspot para postar umas historinhas ilustradas muito engraçadas e criativas, que chamaram a atenção de todo mundo que importa nessa vida. Isso rendeu para ele vários trabalhos legais como ilustrar coleções de moda, fazer reviews de arte, storyboars de filmes famosos e a coluna semanal que ele mantém até hoje no site Box de Séries, onde ele fala com um humor na maioria das vezes insultado por todos os internautas, mas que a gente ama!

Claro que eu poderia mostrar trechos das estórias que ele postava neste blog, porém, todavia, entretanto não irei fazer isso, afinal o ex-blog dele está se transformando no livro mais lindo do Brasil e não quero que vocês já saibam tudo na hora que forem ler em casa, depois de comprar MUAHAHAHA <3 Mas não se preocupem, porque ainda tem muito desenho legal que vocês vão ver, afinal este lindo homem (#coruja #apaixonada) é uma máquina e produz pelo menos uma nova ilustração por dia (incrível, né?). Ele coloca todas elas no Tumblr, para o deleite de vocês.

Quer deixar as coisas ainda mais interessantes? Manda um desenho para Raoni Marqs no Draw Something. É muito chocante o alto nível de criatividade e execução dos desenhos que ele manda de volta, hahaha. Me sinto humilhada sempre que jogo com ele mas faz parte, sempre um aprendizado, né…!

Há pouco tempo ele deu uma entrevista para o blog de um colega também, o Imagenaria! Quem gosta de desenhar ou sonha em trabalhar com isso deveria ler, ele dá dicas super legais que entraram para a história, já que ao contrario de todas as outras entrevistas que ele já deu, dessa vez ele falou sério, hahahaha.

Bom, acho que agora vocês já entendem um pouquinho do universo do Rall, né? Mas só um pouquinho, porque o trailer do curta-metragem que ele dirigiu ainda não está sendo divulgado, então vocês nem imaginam o que está por vir.

Mas eu atualizo vocês, podem deixar. Beijo <3

The Subway Graffiti Sketchbook

Dar presentes para gente que gosta de desenhar, na maioria das vezes parece muito fácil, né? Errado! Porque daí a gente para pra pensar e por mais que blocos, papeis, canetas e canetinhas coloridas sejam super legais e agrado certeiro para tal público, normalmente eles já tem uma infinidade de modelos e a chance de comprar aquela marca que a pessoa detesta é grande também.

Como vocês já devem imaginar, eu super sofro com esse dilema na hora de presentear e mimar o Raoni, que é um excelente ilustrador e ama tudo relacionado a desenhar, porém é um maníaco da papelaria então já tem tudo que pode ser comercializado nesse gênero.

Foi assim que num lindo dia de sol (kkkkkkk), passeando na Livraria Cultura da Avenida Paulista, encontrei um caderno de customizar trens do metrô!  A idéia é meio maluca, né hahahaha, mas se parar um pouco pra pensar é super original também.

Já é uma super tradição ao redor do mundo, grafitar trens. Se você é um americano malvado e tem uma gangue, com certeza já deixou a sua marca em estações abandonadas (HAHAHAHAHAH certeza que isso só acontece na minha imaginação). Brincadeiras a parte, é uma intervenção artística bastante criativa, já que sua criação percorrerá muitos e muitos quilômetros, levando cargas ou passageiros, né.

Mas como nós somos preguiçosos/tranquilos e não queremos nos meter em encrencas, podemos brincar neste lindo livro de colorir! Ele tem a capa dura e uma das encadernações mais legais que eu já vi, aquela japonesa em que um papel super comprido vai se dobrando até formar páginas, sabe? Acho idéia de gênio. As paginas são bem resistentes também, você pode pintar bem forte ou com canetinha, que a tinta não vaza do outro lado e assim todos os seus trens serão lindos! A editora é a Ilex, que eu detesto, hahahaha mas dou o braço a torcer de que arrasaram profundamente com esse lançamento.

Eu comprei o do Raoni pessoalmente na Cultura e paguei R$ 36,00 porém vi que no site ele sai por R$ 42,00. Se você não mora perto de uma filial deles ainda deve compensar comprar por este preço, né. Mas se você não tiver muita pressa dá pra comprar na Amazon também, que sai bem baratinho, só $11.69 <3

Você pode imprimir um só e testar, pra ver se curte a brincadeira, daí ao invés de apenas presentear, pode virar sua nova aventura em momentos de tédio:

Adoro livros de colorir, vocês tem algum pra me indicar? Espero que gostem dessa dica!

AH GENTE! O Raoni saiu ~de novo~ na Lost At E Minor, não é lindo? Ele já havia saído como colunista, mas hoje vocês podem conferir a nova coleção de ilustrações rappers dele. Tô muito orgulhosa, como sempre <3