Guacamole

Algumas comidas são como mágica! Muito fáceis de fazer e mesmo assim ninguém faz do mesmo jeito. Essa semana conversando com meus colegas de trabalho, descobri que muitas pessoas não sabem fazer guacamole e reparei que sempre que tem reuniãozinha na casa de alguém, quem leva a guacamole ganha amor e admiração em troca. Eu aprendi a fazer com meu padrasto há uns 3 anos e acho a melhor pedida pra ficar beliscando no final de semana, com amigos, drinks ou descansando vendo um filme.

Rende 1kg que dá pra você comer com infinitos doritos (ou uns dois pacotes do grandão) e você vai precisar de:

  • 1kg de avocado bem maduro;
  • 2 tomates;
  • 1 cebola grande;
  • 1 sachê de salsa desidratada;
  • 2 limões;
  • 1 dente de alho;
  • Sal e pimenta do reino.

Você com o tempo vai descobrir a sua própria maneira de fazer guacamole, se é que já não tem. O segredo é: faça tudo manualmente. Não tem erro e você só vai conseguir estragar colocando no processador, liquidificador ou mixer.

 

Você pode fazer com abacate se quiser, eu uso o avocado porque além de achar o gosto mais forte, é muito mais fácil de achar maduro pra vender. Abacate normalmente você precisa comprar pra deixar na fruteira um tempo até ficar bom e definitivamente não existe todo esse planejamento na hora de comer guacamole.

Pique a cebola, o tomate e o alho com uma boa faca e amasse os avocados com um garfo, pra textura ficar boa, mas não muito homogênea. Não queremos que vire uma mousse, queremos pedacinhos bem gostosos e muito bem misturados.

 

Usei pimenta e salsa em pacotinhos pra fazer guacamole, mas você pode comprar uns mais ricos e lindos, se quiser. Agora você vai espremer os dois limões e colocar sal e pimenta a gosto. Eu coloco uma colher de café cheia de sal e meia de pimenta do reino.

 

Tudo no potinho? MEXE-MEXE-MEXE tudo com uma colher grande por uns 5 minutos até o abacate dar uma amolecida e tá pronto!

Acho que quase todo mundo vai fazer pra comer com doritos, é delicioso né? Mas eu fiz uns wraps de frango com salada e coloquei guacamole dentro e NOSSA, ficou delicioso. Recomendo altamente que vocês experimentem em sanduíches.

Espero que vocês façam e me contem se ficou gostoso 😀

Gelatina de Cachaça

Um dos melhores passeios que podem ser feitos em São Paulo é o Mercado Municipal. O motivo? Comidas, claro! E um docinho que só dá pra comprar lá: a gelatina de cachaça.

 

Lá ela é vendida a granel e nesse potinho de acrílico, que custou R$ 18,00.

A textura é muito engraçada, tem uma casquinha flexível bem fininha que lembra um pouco quando a mamãe fazia gelatina e tava com preguiça de mexer, que ficava aquela pele. Mas por dentro é um super gel refrescante de morango e pinga <3

Na lista dos doces favoritos sem dúvidas!

Sexo na Lua

Todo mundo tem um sonho quando é criança, o meu era ser engenheira aeroespacial. Nunca tive vontade de sair do planeta nem ficar em gravidade zero por aí, eu queria só fazer contas e transformá-las em foguetes (só isso).  Eu fui crescendo e esse sonho se transformou completamente e eu quis ser editora.

Não consegui chegar no meu objetivo final ainda, mas sou totalmente apaixonada por livros e adorei o lançamento da editora Intrínseca[bb], que conta um pouco da historia REAL e muito louca de um amiguinho da NASA, que tinha o mesmo sonho que eu quando era pequeno.

Thad Roberts é um cara normal na medida do possível, sem grandes perspectivas, mas que quer pisar em Marte e está disposto a fazer qualquer coisa pra conseguir (grande coisa). Ele passa por várias fases humilhantementes/tipicamente nerds na vida dele, como ser colocado pra fora de casa por ter perdido a virgindade antes de casar, mas no fundo é um bom menino. O problema é que todo nerd, mesmo que bem sucedido, tem um incansável objetivo, e com o Thad não foi diferente: ele queria impressionar as gatinhas.

Já estagiário e familiarizado com todas as salas e corredores do instituto de pesquisas, um dia foi apresentado a um depósito especial. Nele estavam guardadas as pedras trazidas da Lua pelas missões Apollo[bb], realizadas entre 1969 e 1972: cada grama custava US$ 5 milhões.

Então ele teve uma idéia:

Vou roubar as amostras lunares trazidas pela missão Apollo e presentear a minha namorada com elas 😀 😀 😀

Colocou dentro de um Jeep um cofre com 300kg de lua e foi embora. Espalhou tudo numa cama de motel e dormiu com a sua adorada namorada Tiffany Fowler (daí o nome do livro, duh!). Passado o fetiche, tentou vender tudo pela internet por US$ 600 o grama e não tem Ciro Bottini que cubra essa oferta, então ele se deu mal… mas nem tão mal assim porque ele já está solto dando aula de física quântica. E sua historia vai virar um filme em 2013!

Quem escreveu foi o Ben Mezrich[bb], que escreveu sobre a história do Facebook[bb] em ‘Bilionários Por Acaso[bb]’ também. Eu recomendo altamente a leitura, para você ler e arrasar por aí conversando sobre ~o lado negro por trás da Nasa~, já que ele fala muito sobre festinhas, drogas e outras coisas erradas que a gente não consegue imaginar cientistas fazendo.

 

Daí eu estava pesquisando sobre o autor e descobri que Sexo na Lua[bb] é o nome de um drink super tropical! Você vai precisar de:

  • 2 colheres de leite condensado;
  • 1 dose de curaçau blue[bb];
  • 1 dose de bacardi[bb];
  • 1/2 dose de cointreau[bb];
  • 2 colheres de groselha;
  • 1 copo de suco de abacaxi;
  • Gelo.

Misture tudo e bom livro!