O melhor takoyaki da Liberdade!

Hoje é dia de falar sobre uma das minhas comidas favoritas aqui no blog, yay! Assim quem tá afim de passear um pouco e fazer um lanchinho baratinho fora de casa pode aproveitar a dica e se planejar para o fim de semana. Eu sou a maluca do planejamento e quando chega na quarta-feira já começo a azucrinar o Raoni questionando sobre os nossos planinhos de fim de semana hahahaha daí eu já organizo todas as tarefas, passeios, vontades e obrigações por horários e isso faz com que eu realize todos os meus sonhos de sábado e domingo, pra voltar ao trabalho nos dias de semana sem ficar muito chateada… Que maluca né? Daí sempre que a gente vai ficar em São Paulo eu dou um jeito de colocar o bairro da Liberdade no passeio, pra comer umas gyozinhas na feira e curtir um takoyaki.

Muita gente ama esse petisco japonês, que consiste em um bolinho meio cremoso, recheado de polvo e verduras e coberto por um molho levemente agridoce e temperos de algas. Aqui no Brasil, pelo menos na Liberdade, dá pra comer em vários lugares e existem também versões recheadas de camarão ou até mesmo queijo, pra quem não curte frutos do mar ou é alérgico. Sinceramente eu nunca comi o de queijo, porque o de polvo é tão maravilhoso e deliciosamente especial, que eu não desperdiçaria a oportunidade por uma muçarela viu? Vocês precisam experimentar!

Esse prato faz muito sucesso no Japão e na Liberdade também é um dos petiscos mais vendidos, então recentemente cresceu um pouco o número de restaurantes e lojinhas que estão vendendo, mas não se engane: um takoyaki bem feito é como um filhote muito fofo e precioso, mas existem muitas imitações fajutas e nojentinhas, viu? Então fiz esse post pra contar um pouco sobre todos os takos que já comi na Liba e pra indicar o que vocês definitivamente precisam comer, porque é uma delícia!

Mussashi Yakissobateria: esse restaurante é muito maneiro, colorido, bonito, baratinho, fica num lugar legal pertinho da Praça da Liberdade e serve um bom yakissoba (apesar de eu não gostar tanto de yakissoba), mas o takoyaki deles é simplesmente horrível! Então resolvi falar primeiro dele pra vocês memorizarem o nome do lugar que não serve pra comer takoyaki primeiro, assim ninguém corre o risco de comer isso e ficar chateado. Nem parece um takoyaki, eles deveriam parar de vender isso e focar apenas nos outros mil pratos que vendem. Aliás, existe um prato muito delicioso, chamado Okonomiyaki, que é tipo um takoyaki no formato de uma panquecona e o Mussashi também vende, mas nas duas vezes que eu comi, me arrependi. Quase não vem frutos do mar, chega frio na mesa e é meio encharcado. Resumo: só comam obentôs por lá.

  • Rua Quinze De Novembro, 41 – Loja 1 – Centro – São Paulo
  • Rua Dos Estudantes, 28 – Sé – São Paulo

Feirinha de domingo: esse é um dos takoyakis mais famosos da liberdade e ele realmente é gostosinho… Mas ainda não é o melhor! Na verdade, se eu fosse dar uma nota pra eles, esse seria o segundo mais gostoso. Acho que um ponto forte dele é a estética, porque ele é muito bonito, vem numa barquinha feita de papel e além do molho e do tempero de algas, eles colocam um pouquinho de peixe dsidratado por cima, o que dá um efeito realmente apetitoso. É comida de rua, mas feira com bastante carinho e capricho, sabe?

Até fico meio emocionadinha quando vejo essas barraquinhas da feira da Liba, meu sonho é ter um desses trailers de comida, ou uma barraca mesmo, com coisinhas exóticas hahahaha já pensaram? Ia ser o máximo! Da última vez que eu comi, o preço de 4 unidades era R$ 7 e 6 unidades R$ 10, mas algumas coisas estão ficando mais caras por lá recentemente, então talvez tenha aumentado um pouquinho-inho-inho.

Izakaya Issa: esse boteco com carinha de gourmet na Liberdade também vende um takoyaki bem gostoso e bem bonito! Ele consegue reunir o sabor delicia que lembra muito meu takoyaki favorito, ser servido com o peixe desidratado e ainda ter lugar pra sentar, o que é maravilhoso, porque no meu tako favorito não tem, viu? Mas nem ligo hahahaha. O forte do Issa são as bebidas alcoólicas japonesas, como o saquê e o soju, então é um lugar maravilhoso para ir com amigos pra conversar e fazer um happy hour. O tako entra mais como um acompanhamento, petisquinho mesmo, e existem outras opções pra acompanhar as doses hahaha. É o takoyaki mais caro da lista, mas com certeza se deve ao ambiente, atendimento, horário de funcionamento e tal. Custa mais manter um restaurante do que uma barraca né?

  • São Paulo (11) 3208-8819 R. Barão de Iguape, 89 Liberdade São Paulo.

Kaisen: esse takoyaki é surrealmente a melhor coisa que já comi no planeta! Se existe uma comida capaz de me fazer feliz instantaneamente é esse tako, então sempre vou lá quando quero deixar um dia especial, gastando muito pouco dinheiro. O lugar é meio desconfortável, porque fica na porta de um desses mercadinhos japoneses, lá pra baixo da Galvão Bueno, numa parte um pouco mais afastada da praça da feirinha. Quem faz os bolinhos é em 99% das vezes o mesmo senhor, que mora lá na Vila Maria… É tudo o que eu sei dele, isso porque vou lá com muita frequência há uns 5 ou 6 anos hahahaha. Tem que ter paciência! Se você for no fim de semana, pode ter fila e ela pode ser grande… Mas o senhor sempre vai fazer os bolinhos com a maior lerdeza do mundo, ele simplesmente não se importa. Eu também não me importo, porque o tako dele é sempre o melhor, não importa o dia, está sempre perfeito. Sempre que me apressam pra fazer algo lembro dele, então faço no meu tempo, como ele faz os takos, porque talvez seja um dos segredos do sucesso da minha comida favorita, né?!

Ah, uma dica pra quem não quer pegar a fila a toa: se informe assim que chegar lá, porque às vezes, em dias de maior movimento, você precisa pagar o takoyaki dentro do mercado e retirar uma ficha, que precisa ser entregue quando for sua vez de pedir os takos pro senhor. Vale muito a pena esperar, tá? Não deve demorar mais de 20 minutos e você nunca mais vai esquecer o sabor. Fora que ele usa uma máquina muito moderna e cara que provavelmente você nunca viu na vida, então é interessante assistir o preparo… Melhor comida do mundo, com certeza!

  • Rua Galvão Bueno, 276 – Liberdade – São Paulo.

E você, já comeu takoyaki? Qual comida te traz felicidade instantânea? Quero saber, deixe nos comentários! Espero que tenham gostado da dica e comam um tako bem gostoso no fim de semana. Beijos de até amanhã <3

27 Comentários sobre O melhor takoyaki da Liberdade!