O Guia da Culinária Ogra

Ultimamente ando com muitas coisas a fazer e pendencias para me livrar, mas quando eu tento lembrar de um momento pior que esse para me dar a sensação de “tá tudo bem”, na hora vem a cena: eu andando de um lado para o outro na Livraria Saraiva (ou só raiva, pros íntimos como eu), procurando desesperadamente algo sensacional para comprar de presente pra brincar de amigo secreto ladrão na firma. Não vou mentir: eu não consegui! Mas a visita aterrorizante me fez conhecer o guia de restaurantes mais legal de todos tempos. Ogros, esse post é pra vocês!

Já faz muito tempo que sair pra jantar em São Paulo é algo extremamente caro, por mais adore e faça com frequência, assumo que cada vez mais é um programa que exige planejamento… São poucos os restaurantes que eu gasto menos de 100 reais num jantar não luxuoso pra duas pessoas e felizmente o autor do Guia da Culinária Ogra também parece estar carente de endereços assim, yay!

No livro, o autor André Barcinski que já é conhecido pra quem lê a Folha online, lista seus lugares favoritos na hora de comer até explodir: tem galinhada, restaurante chinês, comida mexicana, restaurante barato, restaurante não-tão-barato-mas-jamais-caro, restaurante lindo e também os horríveis. Pra entrar na lista o importante era ter preço justo e servir porções fartas de comida honesta. Claro que não é só de chinês desconhecido que o livro é feito, tem no livro também lugares como o Bar da Dona Onça, aquele bonitinho e superfamoso, debaixo do Copan. Uma coisa que todos os restaurantes têm em comum é a confiança que podemos depositar neles, afinal vendem comidas relativamente simples, com cara de coisa feita em casa e ingredientes de confiança. Que mais que a gente quer pra renovar a lista de lugares para sair para jantar? Amei a ideia e a dica de hoje é essa: assim como todas as comidas gostosas deveriam ser, o livro é baratinho! R$ 20 em promoção no Submarino. 

Ah tem, mais! Se você mora em São Paulo, amanhã no aniversário da cidade, além de programa ao vivo da Ana Maria Braga no vale do Anhangabaú (não consigo me decidir se vou ou não, mas ela é tipo meu grande ídolo na vida), vai ter aquela feira de gastronomia onde chefs relativamente famosos vendem suas especialidades a preços populares! Vai acontecer no Viaduto do Chá entre 12h e 22h, com petiscos que variam de R$ 5 e R$ 15 e os participantes são:

  • Cosí, com o hambúrguer de pato e maionese trufada.
  • Sotero, e seu tradicional Acarajé.
  • Via Carlo Buffet, o membro da FIC servirá macarronada italiana.
  • Lá Da Venda, com o melhor pão de queijo da cidade e bolos caseiros.
  • Marcel, com seu cachorro quente à francesa.
  • Sabores De Mi Tierra, oferecem as arepas e patacones.
  • Marcelino Pan y Vino, com o sanduíche de pernil assado ao forno à lenha.
  • Tasca da Esquina, fazem o clássico bacalhau à Brás.
  • 1900 Pizzeria, traz uma variedade de pizzas tamanho brotinho.
  • Luiz Emanuel, prepara espetinhos de Boeuf Bourguignone.
  • Leandro Freitas (Nakombi) elabora temakis variados.
  • ACP Brasil e L’Hotel, servem a típica rabada com polenta.
  • La Tasca, preparam a espanhola Paella.
  • Maria Brigadeiro,traz seus famosos brigadeiros para a grande festa.
  • Las Chicas, prepara coxinha de frango com massa de mandioca.

Sinceramente eu tô meio na dúvida se vou lá conferir, porque o que mais gostaria de experimentar é esse hambúrguer de pato com maionese trufada e com certeza vai esgotar rapidão. Mas se você tiver pelo centro passeando e curtindo alguma coisa da comemoração vale bem a pena, porque várias coisas parecem gostosas.

Quem vai? Como aproveitarão o fim de semana? Excepcionalmente, eu volto na semana que vem… Me perdoem, mas eu vou emendar o feriadão dos paulistas e quem tiver saudades pode assistir meu novo vídeo:

Beijos e até segunda-feira <3

3 Comentários sobre O Guia da Culinária Ogra