O Barato da Bienal do Livro

16 de agosto de 2012

Quinta feira que não começou a planejar o fim de semana não planeja mais, vamos combinar! Mas como data limite, cheguei pra mostrar para vocês os motivos reais de ir na maior feira do livro da américa latina. Além de divertido, cultural e enriquecedor de assuntos, a Bienal do Livro de São Paulo dá a nós econômicos, possibilidades incríveis de adquirir vários livros legais que desejamos a um tempão, por valores realmente baixos.

Eu estive lá sábado para comprar tudo o que eu queria, passei uns 3 dias com Salompas no braço porque carreguei tudo sozinha e fiquei com tendinite, mas sinceramente? Compensou muito, porque eu estou enforcando o Mario pra ver se cai moeda e jamais conseguiria comprar tudo o que comprei gastando apenas R$ 100 em livrarias normais, nem mesmo na internet.

Eu tenho sérias tendências pagapauzísticas com a Editora Intrínseca e isso já deixei claro em outros posts, mas realmente visitei cerca de 90% dos stands da feira e as melhores ofertas realmente estão lá. 20% e 30% o Submarino oferece todo dia, né? A maioria das editoras estava com essa oferta de desconto ou até mesmo nenhuma. Então se liguem no que tá imperdível, levei todos os livros que vou citar pra casa e você deveria levar também <3

Editora Intrínseca (estande D60): aqui comprei a maior parte dos livros novos e antigos, é a minha editora favorita! Comprei alguns livros mais difíceis de encontrar a venda e outros que já tenho, mas adoro tanto que comprei duplicado ou para presentear.

  • A Miscelânea Original De Schott

Um livro impossível de ser lido de uma só vez, mas que ao mesmo tempo não só consegue em hipótese nenhuma largar, A Miscelânea Original de Schott é uma singular coleção de fabulosas trivialidades, um banquete de banalidades até então despercebidas. Seu objetivo é proporcionar as bagatelas que alimentam o fluxo de uma boa conversa. De: R$ 27,90 Por: R$ 5.

  • A Miscelânea de Esportes, Jogos & Ócio de Schott

Uma vade-mécum para os esportistas, os jogadores e os ociosos. Em nenhum outro texto sobre esportes você encontrará as regras do polo de elefantes; a complexidade do Palio de Siena; as tatuagens do David Beckham; ou do motivo de o surfe ser apelidado de o Esporte dos Reis.


Que outro volume lhe informará a importância da sinuca para as freiras; a temperatura correta para um banho quente; o que a Inquisição e as palavras cruzadas têm em comum; a miríade de participantes da corrida Maluca; ou o que Mark Twain pensava a respeito dos exercícios físicos?
Onde mais você topará com uma lista de dorminhocos famosos; com soluções para palavras cruzadas criptografadas; com esportes praticados predominantemente de trás para a frente; com jogos de salão e de pubs britânicos; com todas as contusões esportivas curiosas desde o mamilo de corredor até o joelho de faxineira?
A obra aborda desde o mais combativo atlético e ativo até o mais indolente, inativo e ocioso. De: R$ 19,90 Por: R$ 5.

  • A Miscelânea da Boa Mesa de Schott

Em A miscelânea da boa mesa, Ben Schott concentra seu talento de pesquisador minucioso na comida, seja esta uma delícia ou um sortilégio. O autor levanta preciosidades históricas: o alho, segundo Plínio, naturalista romano da Antiguidade, evitava a loucura, enquanto em outras culturas afugentava bruxas e vampiros. Num estudo sobre afrodisíacos, surge uma extravagante receita romana – o pouco apetitoso cozido de ossos de rã, sanguessugas e pedaços de unha.

A miscelânea explica, por exemplo, por que o açafrão é uma das especiarias mais caras do mundo: precisa-se de 150 mil flores para a produção de apenas um quilo do condimento seco. Dá também uma lição completa sobre a arte de ler folhas de chá na xícara. Dependendo da disposição das folhas, adivinham-se bons ou maus augúrios. Entre as curiosidades úteis para gourmets, consta também uma extensa relação de famosos pratos franceses com seus nomes obscuros e respectivos ingredientes. De: R$ 34,90 Por R$ 5.

As nuvens ajudam a controlar a temperatura do planeta e os cientistas alertam que sua cobertura está menor do que há 25 anos. Os formatos das nuvens, sua origem, influência no clima, no controle da poluição, do efeito estufa e das conseqüências do aumento do tráfego aéreo são alguns dos temas deste guia, que combina referências históricas, culturais e científicas com curiosidades e até aventuras radicais.
Gavin Pretor-Pinney descreve cada um dos diferentes tipos de nuvem, assinalando quais deles são presságio de tempo bom e quais indicam turbulências. Analisa o fascínio despertado por suas formas, desde a mitologia hindu e a Antiguidade romana até as pinturas clássicas, a literatura de Shakespeare e os ícones da cultura e da música pop.

O autor também relata sua experiência em uma nuvem batizada de “Glória da Manhã”, atração turística na Austrália por seduzir pilotos de planadores e curiosos, que a surfam como se fosse uma onda. Explica também a utilização das nuvens na previsão de terremotos e até mesmo em estratégias militares – “semeadores” de nuvens em campos de batalha procuravam controlar o tempo para garantir vitórias, recurso utilizado na Guerra do Vietnã e proibido por uma convenção internacional.
“Ainda que a observação de nuvens seja uma atividade que requer certa disponibilidade de tempo, trata-se de um prazer ao alcance de todos. As nuvens são a mais igualitária das manifestações da natureza; contanto que cada um de nós tenha uma boa visão delas, não importa onde estejamos”. De: R$ 34,90 Por: R$ 2.

  • Caviar

Quando trabalhava como correspondente do jornal Philadelphia Inquirer em Moscou na década de 1990, a autora degustou um pouco de caviar contrabandeado e diz ter sentido em cada pequena ova todo o universo perdido dos salões literários de São Petersburgo. Ela se viciou na delícia ao conhecer Magomed, misterioso contrabandista da cidade de Mahachkala, no mar Cáspio, sul da Rússia, habitat da quase totalidade dos peixes produtores de caviar: os esturjões.

Inga Saffron revela os mais incríveis requintes dessa história, a começar pelo esturjão e suas 27 espécies, peixes mais antigos do que os dinossauros, que já existiam 250 milhões de anos antes do surgimento do ser humano. Considerados fósseis vivos, são grandes e lentos. As fêmeas carregam milhões de ovos na barriga, mas apenas um costuma sobreviver até a idade adulta. O sobrevivente empreende então uma saga nostálgica para se reproduzir. Sobe o rio no mesmo curso percorrido pelos pais, em busca do lugar exato onde nasceu, percorrendo 32 quilômetros por dia, durante semanas, nessa jornada genealógica. Daí a raridade, o preço alto – e o mito.

O livro explica a inserção do caviar na História, remontando a Ovídio, que chamava o esturjão de “peregrino das ondas mais ilustres”. Apesar de já ter recheado o pão de camponeses russos, a partir da Revolução Industrial o caviar caiu no gosto aristocrático e pouco a pouco se tornou a delícia dos tzares. A fama das ovas espraiou-se até a Europa, levada pela aristocracia russa que frequentava Paris e Berlim. De: R$ 29,90 Por: R$ 5.

  • A Única Certeza da Vida É Que Um Dia Você Vai Morrer

Fascinado e às vezes irritado com o otimismo e a vitalidade sobre-humana de seu pai de, então, 97 anos, David Shields faz uma investigação sobre nossa condição biológica. Este livro é uma meditação pessoal sobre a mortalidade, e explora nossa existência de ‘carne e osso’ do berço ao esquecimento. Shields investiga os ‘fatos’ da vida desde a gestação e oferece ao leitor uma perspectiva diferente do ser humano, ao lançar uma, também diferente, visão a respeito da infância, da adolescência, da juventude, da meia-idade e da terceira idade.

Combina tudo isso com dados biológicos, fragmentos filosóficos e culturais e citações de autores e de pensadores que vão de Lucrécio a Woody Allen. O resultado é um tour pela história de nosso corpo físico, e resulta em um retrato de três gerações de uma família. A narrativa de ‘A única certeza da vida é que um dia você vai morrer’ leva o leitor a contemplar a brevidade e o brilho da própria passagem pela Terra, e o desafia a pensar sua vida de uma forma inesperada e original. De: R$ 29,90 Por: R$ 5.

  • Axolotle Atropelado

“Vidas terríveis são a maior das felicidades”, desbafa Mifti em seu diário. Aos dezesseis anos, ela assumiu sua condição de “garota-problema” participante da cena underground de Berlim, onde mora desde a morte da mãe. A narrativa de suas experiências, radicalmente influenciadas pelo uso de drogas diversas, faz o leitor mergulhar em uma sequência de acontecimentos paradoxais e incomuns.

Mift é a protagonista de Axolotle atropelado, romance de estreia da alemã Helene Hegemann que, aos 17 anos, conquistou a crítica literária e se transformou em fenômeno editorial no país. Pertencente a uma família disfuncional, com seus meios-irmãos ricos e negligentes e o pai egoísta, Mifti luta para dar sentido a sua vida. Em seu diário, alucinações e realidade se mesclam na descrição de sua rotina, pontuada por experiências de sadomasoquismo, autodestruição e abuso de drogas ­- entre álcool, heroína e ecstasy. Ela, que anseia por liberdade e pela fuga das convenções sociais, tece críticas à família e à sociedade alemãs e discursa sobre filmes, música e filosofia.

Em sua busca por uma parceria e por uma compreensão incondicional, Mifti adota um mascote exótico e surpreendente: o axolotle – uma espécie de salamandra mexicana que permanece em estado larvário, sem se desenvolver. De: R$ 39,90 Por: R$ 2.

  • Os Pinguins do Sr. Popper

O Sr. Popper, pintor de paredes, tem um sonho – ser um intrépido explorador na Antártica e viver entre seus animais favoritos, os pinguins, ao lado de seu grande herói, o almirante Drake. Ele fica completamente admirado quando o almirante responde a uma de suas cartas e lhe envia uma encomenda com um pinguim.

Logo o bichinho ganha uma companheira, e antes que se dê conta o Sr. Popper tem um rinque de patinação no gelo em seu porão e uma dúzia de lindos pinguins vivendo em sua casa. De: R$ 24,90 Por: R$ 2.

  • Fuga do Campo 14

Shin Dong-hyuk nasceu e cresceu no Campo 14, um dos imensos complexos destinados a presos políticos da Coreia do Norte. Seus residentes estão condenados a trabalhar até 15 horas por dia, sofrendo fome e frio, sujeitos a uma rotina de violências sumárias – aos 13 anos, Shin assistiu à execução da mãe e do irmão mais velho por tentarem escapar. De lá, ninguém foge. Existe apenas uma exceção. Determinado a descobrir como é a vida do outro lado da cerca eletrificada, Shin supera todo tipo de dificuldade e consegue deixar a Coreia do Norte. Mas as marcas do passado ainda estão em seu corpo e assombram sua mente, pois durante muitos anos ele guardou um terrível segredo.

Em “Fuga do Campo 14”, o jornalista Blaine Harden lança luz sobre uma realidade sinistra, que até então permanecia oculta e impenetrável ao olhar do Ocidente. Com sensibilidade, ele acompanha a impressionante jornada de Shin rumo à liberdade. De: R$ 29,90 Por: R$ 19,90.

  • Ei, Professor

Eis aqui o tão aguardado livro de McCourt (autor do aclamado “As Cinzas de Angela”), no qual ele conta como seus 36 anos de carreira no magistério engendraram seu segundo ato como escritor. “Ei, Professor”, é também um tributo pungente a todos os professores.


Com uma prosa ousada e vivaz, em que se destaca seu humor irreverente, com uma franqueza tocante, o autor registra as tentativas, os triunfos e as surpresas com que se deparou em escolas públicas na cidade de Nova York. De: R$ 39,90 Por: R$ 5.

  • As Garotas da Fábrica

‘As garotas da fábrica’ procura demonstrar como o movimento da população rural para as grandes cidades tem alterado o rumo de trajetórias individuais, o destino de famílias inteiras, e transforma a sociedade chinesa. Leslie Chang retrata essa realidade por meio da trajetória de duas jovens que buscavam ascensão social nas linhas de montagem das fábricas de Dongguan, cidade industrial do sul do país. Faz uma exposição do universo dos migrantes – das gigantescas fábricas com cinema, hospital, e corpo de bombeiros próprios, aos bares de karaokê que funcionam como fachadas para a prostituição.

Este livro apresenta como se desenvolvem as relações pessoais, profissionais e as estratégias de ascensão dos migrantes que incluem cursos de inglês com treinamentos militares e resultados duvidosos; a indústria da autoajuda e das aulas de aperfeiçoamento social; e a realidade dos vilarejos rurais, cuja pobreza e inatividade levam os mais jovens para longe de casa. De: R$ 39,90 Por: R$ 8.

 

Folha de S. Paulo – Publifolha (estande k98):

  • Dieta Saudável: O Livro de Receitas

Com receitas que podem ser preparadas quando se tem muito ou pouco tempo e com diversos ingredientes, a obra traz, ainda, um programa de reeducação alimentar que vai ajudar a manter a dieta equilibrada sem muito esforço e o corpo em forma.

Indicado para quem quer garantir uma boa digestão e manter a pele bonita, os pratos têm baixo índice glicêmico e ingredientes ricos em nutrientes. De: R$ 31,90 Por: R$ 5.

  • 100 Receitas Para Refeições Rápidas

Com receitas saudáveis e fáceis de preparar, este livro traz 100 opções de pratos para serem levados ao trabalho, à escola e em passeios. Acompanhadas pela relação dos nutrientes e pelos símbolos indicativos sobre intolerâncias alimentares e alergias, as receitas trazem sugestões essenciais sobre o modo de fazer, a embalagem e a maneira mais prática de consumir.

Preparados com ingredientes frescos e naturais, o livro ajuda a variar o cardápio das refeições principais e dos lanches, com sugestões de massas, saladas, tortas e bolinhos. De: R$ 29,90 Por: R$ 5.

  • Comidinhas de Rua

“Comidinhas de Rua” apresenta receitas de pequenas porções com os sabores mais incríveis do mundo. São mais de 90 sugestões e todas fáceis de preparar. O chef e autor do livro, Tom Kime, apresenta receitas de saborosas iguarias vendidas em mais de 20 países. O leitor aprenderá a fazer pratos para o café-da-manhã como os mexicanos, almoço como os italianos e jantar como os tailandeses.

Dividido entre anotações de bordo do autor, que conta como descobriu os pratos, e as receitas, este livro é ideal para os curiosos e amantes da culinária. De: R$ 45,90 Por: R$ 10.

  • Comidinhas Orientais

Comidinhas Orientais traz os melhores sabores da China, Índia, Malásia, Tailândia, Turquia e Vietnã. Neste livro, o chef Tom Kime apresenta receitas típicas de cada país e oferece uma incrível diversidade de sabores. Preparados com especiarias e ingredientes exóticos, os pratos oferecem combinações inusitadas.

A obra ainda conta a história gastronômica da Turquia ao Japão e da Coreia ao Sri Lanka. Além de experimentar a harmonia entre os sabores frescos e aromáticos, doces e apimentados, os leitores poderão conhecer a apetitosa culinária do vasto continente asiático. De: R$ 45,90 Por: R$ 10.

 

Acho que alguns vão perguntar: mas só nesses dois estandes tinham livros legais por um preço realmente baixo? E eu vou responder: sim! Mas essa do livro ser bom ou não varia muito de cada um, né? Tinha biografia da Lady Gaga, da Katy Perry, livro de ficção juvenil, várias outras coisinhas com descontos (não tão altos quanto os que eu citei). Mas são livros que eu não me interesso e como eu estava carregando tudo isso, ficou difícil tirar foto dos estandes e dos precinhos para vocês. Mas juro que a feira está valendo a pena, corre lá, compra tudo o que está compensando e assista as palestras… Última chamada!

No mesmo dia fui visitar a minha família e meu irmãozinho estava apaixonado pela sua grande novidade: no livro novo do Diário de Um Banana, o amigo secreto do Greg se chama Delarosa hahahaah. Dean Delarosa! Tô amando e vou me gabar pra sempre com as criancinhas, de que meu nome tá no livro e o delas não. Adoro essa coleção, melhor livro que os pivetinhos podem ler um dia!

Lembrem-se: este é o último fim de semana para visitar a Bienal do Livro, depois sem choro nem vela, ok? Para maiores informações, fiz um post contanto tudo aqui! Beijo e até amanhã <3

4 Comentários sobre O Barato da Bienal do Livro