Noite do Gengiskan!

Quem me segue no instagram (@hdelarosa, me segue e vamos ser amigos de fotos!) já deve estar familiarizado com essas noites badaladas e gordinhas na minha vida, porque esse jantar é o novo hit na casa da minha sogra, viu? Só queremos Gengiskan, ou como eu apelidei cafonamente porém sendo bastante intima, “Noite do Gengis!”. É uma comida bem parecida com o Shabu Shabu, que é minha refeição favorita, mas eu não conhecia direito esse tal de Gengiskan e percebi que alguns de vocês também não conhecem, então hoje você vai aprender tudo pra arrasar na sua casa no próximo sábado a noite.

A origem dessa comida é meio enrolada, porque Gengis Khan foi um imperador da Mongólia, mas o lugar onde mais se come essa comida é na China e apesar disso, sua origem é japonesa, ou seja: muito difícil, muito absurdo, muito internacional. Mas a única coisa que você precisa saber, porque vão te perguntar é: chama Gengiskan porque a grelha utilizada na receita tem um formato parecido com o chapéu do Gegis Khan, pronto.

As fotos estão todas amareladas porque eu não levei o flash e a iluminação na piscina é assim mesmo, amarelinha :)

Eu nunca tinha comido isso, mas há rumores de que há 10 anos essa era “a” comida de festas na família do Raoni, daí esses dias a minha sogra encontrou as panelas numa arrumação na casa da sogra dela e voltou com tudo a tradição, que é muito deliciosa e fácil.

Para alimentar 15 pessoas que vieram ao mundo pra comer, você vai precisar de:

  • 2kg de alguma carne bem magrinha, cortado em tirinhas ou bifinhos bem pequenos;
  • 300gr. de bacon cortado em fatias pequenas;
  • 1 brócolis lavado and picado;
  • 1 couve-flower lavada, descascada e picada;
  • 1 acelga cortada em pedacinhos que cabem na boca de alguém elegante;
  • 2 cenouras cortadas em rodelas;
  • 1kg de quiabo lavado e cortado em pedaços médios;
  • 4 cebolas cortadas em pétalas;
  • 3 abobrinhas lavadas e cortadas em rodelas;
  • 2 berinjelas cortadas em quadradinhos (ou nenhuma, porque não fica tão marávis);
  • 3 batatas doces cozidas cortadas em rodelas.

O básico pra fazer uma Gengis Party em casa é isso, mas você pode inventar e colocar outras coisas que gosta: eu amo colocar moti salgado; o meu sogro adora colocar pimenta de cheiro… O céu é om limite e o único trabalho que você vai ter é lavar, cortar e colocar num pote, porque o modo de preparo, quem faz é o seu convidado hahahaha.

Na casa da minha sogra, geralmente o Gengisokê (gengiskan com karaokê) acontece no sábado a noite, então no começo do dia nós compramos as verduras e ficamos picando elas ao longo do dia, daí colocamos tudo em potinhos e arrumamos uma mesa que fica do lado da piscina, de frente pra varanda com  o karaokê. Daí perto da hora dos convidados chegarem, o meu sogro coloca o carvão dentro da grelha de ferro e faz o molho do Gengiskan, que é uma das partes mais gostosas, então anote os ingredientes que precisam ser batidos no liquidificador:

  • 2 copos (americano) de shoyu
  • 4 dentes de alho
  • o dobro de alho de gengibre ralado
  • 1 copo (americano) de saquê
  • 2 maçãs sem casca e sem sementes
  • 4 colheres (chá) de ajinomoto

Depois é só comer, nhammy! A gente fica todo mundo sentado tomando um bom vinho/drink na varanda, daí quando bate uma fominha, basta ir até a Gengistable hahahahahaha, colocar algumas coisinhas na grelha e dar uma petiscada.

É saudável, leve, divertido e muito delicioso. E você, já comeu Gengiskan?? Espero que tenham gostado da dica e que experimentem essa festa! Beijos e até amanhã <3
    .

6 Comentários sobre Noite do Gengiskan!