Índia das Ostras

23 de setembro de 2013

Hoje eu nâão tenho lindas fotos, não tenho um endereço próximo, não tenho um ambiente glamuroso… Não tenho nem guardanapos, rola só um papel toalha mesmo, mas tenho a melhor dica de restaurante que esse blog já viu, yay! Hoje eu vou contar pra vocês sobre o meu restaurante favorito. Talvez você esteja se perguntando “nossa, mas por que essa maluca demorou tanto pra escrever sobre um restaurante que ama tanto” e a resposta amigos, é que ele fica muito longe hahahahaha.

Apesar da distância, estou sempre pensando em você, Índia das Ostras <3

Eu nunca entendi direito gente que não come ostras, na verdade eu não entendo gente que não experimenta as coisas antes de falar que não come, tipo, eu realmente não consigo entender! E acho que quem já comeu ostra concorda comigo que meio que não tem como não gostar, porque não tem gosto de nada, mas ao mesmo tempo é o nada mais delicioso que o homem consegue digerir. É suave, perfumado, lindo e ao mesmo tempo divertido, se colocar limão e uma pimentinha então… Temos a comida mais gostosa de todo o planeta!

A primeira vez que eu comi na Índia das Ostras já faz muito tempo, na verdade a minha mãe nem era casada com o meu padrasto ainda, ou seja, faz muito tempo mesmo. Como a vida era mais fácil, naquela época a gente às vezes ia pra praia no meio do nada, só pra tomar cerjeva e comer peixinho no quiosque, ou ficava dentro do carro por mais de 2 horas, só pra chegar em algum restaurante, que felizmente, na maioria das vezes era a Índia das Ostras. Os tempos mudaram e eu fiquei um tempão sem comer lá, até que felizmente no último fim de semana a gente foi relaxar e curtir (o que pra algumas pessoas significa jogar frisbee e pra mim significa comer nham nham) numa praia pertinho do restaurante, eu nem pude acreditar!

Na verdade, a Índia das Ostras parece um quiosque de praia muito bem aprimorado, sabe? Ele têm paredes, uma cozinha grandona e completa, várias mesas e comidas bem mais elaboradas, mas as mesas são de plástico, o chão é a areia da praia e a decoração é bem simples… Na verdade a única decoração são as conchas que revestem todas as paredes. Mas apesar de tão humilde, serve a melhor comida que eu já comi na vida e por um preço justo sem igual.

Eu só fotografei duas páginas do imenso cardápio deles, só pra mostrar que a ostra não é tão barata em nenhum lugar do Brasil (ok, talvez no Ceará, que tem até rodízio de ostra) e que até os risottos e pratos diferentes deles custam muito abaixo da média, apesar de serem bem mais gostosos de todos os que eu já comi em São Paulo. Pra ter uma ideia, nós estavamos em 7, pedimos pelo menos 10 refrigerantes, duas porções de ostra, dois pratos principais, arroz extra e porções de batata frita e frango frito pros meus irmãos, que não curtem nada que sabe nadar… Nem eles sabem nadar! A conta no total deu R$ 211, pra 7 pessoas, chocante.

A gente sempre pede o mesmo prato principal: arroz lambe-lambe. Apesar do negócio ser focado em ostras e elas realmente serem maravilhosas lá, esse prato é o melhor do mundo. É um risotto de marisco super bem temperado e delicioso (apesar de ser vermelhão, não tem tanto gosto de tomate quanto aparenta, ou até tem, porque tomate não tem gosto de nada né), dai no meio do arroz, vem um monte de conchinhas de marisco, com o marisco dentro, então você meio que come grande parte da refeição com as mãos, usando a conchinha como talher e lambendo tudo, pra tirar o arroz e o marisco das conchinhas. Das comidas que compramos fora de casa, essa sem dúvidas é a minha favorita, porque é muito delicioso e divertido, a experiência perfeita de frutos do mar. Sem falar que a porção para 4 pessoas custa sõ R$ 50 e sobra muita comida! A gente come muito, tipo muito mesmo, mas ainda sobrou uma porção bem grande de arroz lambe-lambe que não conseguimos comer… O que deixou meu café da manhã do dia seguinte ainda mais especial hahahahaha.

Também pedimos uma calderada de algum peixe que eu não lembro o nome #fuén, lá tem de uns 4 peixes diferentes, vou pedir pro meu padrasto responder nos comentários desse post! Além do peixe escolhido e do molho, vem camarão, lula, polvo, marisco e vários temperos gostosos, foi sem dúvida a melhor calderada que eu já comi na vida, porque o ponto de cozimento de todos os ingredientes estava perfeito, eu amei e estou chorando por não poder comer outra agora. Acho que custou R$ 70 e acompanha arroz e pirão de peixe, que também é o melhor que eu já comi… Isso porque eu como muito pirão de peixe hahahaah, sempre que tem nos restaurantes que vou, peço, porque adoro.

Agora finalmente as ostras, né? Como a gente tava mais animado pra comer o marisco lambe-lambe, não queríamos ocupar demais o nosso estômago #prioridades. Aliás, esse arroz lambe-lambe é obrigatório hein?? Nem pensem em ir lá e comer só as ostras! Pedimos duas dúzias da ostra pequena, só pra petiscar. Cada dúzia custou R$ 15 e geralmente vem 15 ostras, porque dúzia de ostra sempre vem 15, não me perguntem o motivo, mas também não reclamem, né… Como reclamar de ganhar mais ostras grátis? Hahahahaha. Elas são abertas na hora e geralmente são retiradas no mesmo dia, então estão sempre muito frescas e maravilhosas. Eu nâo peço ostras em todo lugar, porque pode ser perigoso, mas lá elas são sempre perfeitas, é realmente um lugar de confiança. Recomendo comer com pimenta e limão, ao invés do clássico limão e sal. É uma das coisas que mais gosto de comer, fico imediatamente feliz!! Isso sem falar que em Florianópolis, que é a capital da ostra, uma porção tipo essa custa pelo menos R$ 45, então tem que aproveitar.

Se você está viajando pelo litoral e quer ter uma refeição inesquecível, essa é a melhor dica que eu posso te dar e a melhor recomendação que todas as pessoas que eu conheço e já comeram lá vão fazer. Eu já pensei em me mudar pra lá pra poder comer na Índia das Ostras com mais frequência, mas eu tenho medo de largar meus trabalhos aqui pra isso e o restaurante acabar fechando, sabe? Então fico aqui em São Paulo mesmo, torcendo para que um dia a vida volte a ser mais fácil e eu possa viajar pra comer esse arroz lambe-lambe sempre que der vontade.

  • Índia das Ostras
  • Rodovia Rio-Santos, quilômetro 205
  • Bairro: Itaguaré Cidade: Bertioga
  • Telefone: 9712-0718/5025
  • Horário: 8h30/21h

Espero que tenham gostado da dica e que possam experimentar logo as delícias desse restaurante! Qual a coisa mais inesquecível que já comeram? Deixem a indicação nos comentários, quero comer também. Beijos e até amanhã <3

12 Comentários sobre Índia das Ostras