Festival de Noodles no Kinu

Na semana passada, antes de viajar, tirei vários dias para ficar exclusivamente em frente ao computador, gravando, editando videos, escrevendo e agendando posts para poder relaxar com calma e sem nóias no Ceará. Entendo que talvez para alguns de vocês não seja tão incrível ler o blog agendado, porque tem gente que prefere essa relação de amor, carinho e posts fresquinhos que acabaram de sair, né? Mas em alguns momentos não tem como mesmo e nesses casos eu prefiro deixar tudo pronto do que ficar uma semana toda sem postar, afinal também preciso de férias do meu trabalho, por mais maravilhoso que ele seja… Mas também não posso deixar a peteca cair, hahahaha.

Mas mesmo focada e decidida a não sair de casa por nada nesse mundo, recebi um convite que não poderia recusar jamais: conhecer o cardápio de inverno do restaurante Kinu, o japonês do Grand Hyatt São Paulo, yay! Que eu amo comida japonesa vocês já estão cansados de saber, mas acho que nunca contei como eu sou apaixonada por hoteis, né? Gosto de tudo que envolva viagens e planejamentos, então hoteis são perfeitos para mim, sempre que tenho a oportunidade de conhecer os famosos, mesmo que em um almoço, eu dou meu jeitinho e vou, acho um mundo mágico.

E falando em magia… O cardápio está de cair o queixo! Cheio de ingredientes incríveis e preparos bacanas que fazem dos noodles totalmente únicos e inesquecíveis. Só de ler as opções já amei todas e não saberia exatamente qual escolher, mas por sorte nem precisei, porque o chef preparou um menu degustação para mim, então comi porções menores de todos os noodles e vou contar tudo sobre cada um deles pra vocês.

Eu fui conferir o cardápio especial de inverno em um almoço, na última terça-feira. Mesmo com a Copa do Mundo ainda rolando, o restaurante não estava lotado, mas acredito que na hora do jantar seja mais concorrido, então eu faria reserva antes de sair de casa. Até porque geralmente restaurante de hotel todo mundo faz reserva, né? Faz parte da magia hahahaha. Acho que nem preciso falar do ambiente, mas se restam dúvidas para alguém, uma palavra resume: incrível! O atendimento então… De ficar espantada! Fazia tempo que eu não era tão bem recebida em um restaurante, tanto o garçom que me atendeu como o chef que foi à mesa me conhecer eram fabulosos, pessoas com educação e vontade de servir muito acima da média mesmo!

Tyashu Lamen: ultimamente me vejo cercada por pessoas que por algum motivo, não comem carne de porco. Tá na moda? Juro que não tou entendendo esse inconsciente coletivo! Mas se você, assim como eu não faz parte desse grupo, precisa experimentar essa delícia. O caldo leva milho, alga marinha, ovo cozido e acelga, então a combinação fica leve, de todos os caldos esse é o mais suave, tanto que a acelga, que não possui gosto forte, é o ingrediente que mais se destaca. Fica perfeito para acompanhar o lombo de porco, que é tostadinho e levemente adocidado, do jeito que eu gosto. É difícil escolher um favorito, porque amei todos os lamens, mas esse surpreendeu!

Shoyu Lamen: antes de saber que eu experimentaria todos, pedi uma sugestão para o garçom, perguntando qual ele mais gostava e que achava que merecia ser experimentado. Ele respondeu esse e eu por algum motivo não botei muita fé, achei que ele estava dando essa dica apenas pela carne de Wagyu, que é uma das raças de boi mais caras do mundo. Mas julguei mal o coitado viu? Não era simplesmente ostentação, era o lamen mais delicioso de todos os tempos bem ali, na minha frente bgritando “me coma, eu te adoro, você me merece”. Eu já comi muitas carnes, muitas costelas gostosas e inclusive a de Wagyu outras vezes, mas nada supera esse prato! Pense na costela mais gostosa que você já comeu, grelhada como churrasco… Agora imagine que ao colocá-la na sua boca, ela derrete completamente, de tão macia. Essa delícia ainda bem com noodles, cebolinha, pupunha, ovo e algas, em um caldo de shoyu! É o mais salgado de todos, mas ainda assim não é salgado demais, não incomoda nem mesmo pessoas que odeial sal, como eu. Se eu pudesse comer um só, pediria esse sem dúvidas, o garçom venceu.

Miso Lamen: uma ótima opção para quem quer experimentar algo do cardápio de inverno, mas não curte muito experimentar novos sabores é pedir esse prato. Acho que é o lamen mais comum, mais tradicional e mesmo assim é bem gostoso. Vem com vários bifinhos de filé mignon tostadinhos, ovo, alga, milho, cebolinha, missô e massinha de peixe. A mistura fica bem suave, adocicada na medida certa para que o sabor do filé mignon seja realçado!

Yasai Lamen: a última opção do cardápio é um lamen vegetariano, que sinceramente não chamou nem um pouquinho a minha atenção ao ler a descrição. Até porque… Tinham várias carnes fabulosas dentre as outras opções, né? Mas paguei a lingua de novo, acho que esse, junto com o de Wagyu, virou meu favorito! É com certeza uma das melhores comidas que eu provei ultimamente, daquelas que eu poderia comer sem parar, em todas as refeições por um bom tempo. O caldo é de broto de feijão, com milho, cebolinha, alga marinha e tempurá, mas de acordo com o cardápio, algo torna essa mistura apimentada, eu particularmente senti um pouquinho de gengibre, mas não sei dizer se é apenas isso. Acho que quem tem sensibilidade deve ficar longe, porque ele realmente é picante, mas quem gosta de um molhinho de pimenta no croquete já suporta a dose. No fim das contas achei ele o mais adocicado e encorpado, o caldo é delicioso e levemente apimentado no final. Também amei o tempurá, que mesmo dentro da sopinha, se manteve crocante por toda a degustação… E que degustação, hein!

Uma delícia, né? Não citei os precinhos de cada prato nas descrições, mas dá pra ver na foto do cardápio de noodles. Por se tratar de um restaurante do Grand Hyatt, achei que seria bem mais caro, o preço foi uma surpresa boa. Existem restaurantes que servem noodles mais baratos? Com certeza! Mas os que servem pratos equivalentes, tanto na criatividade quanto nos ingredientes mais requintados, cobram o mesmo preço do Kinu e muitas vezes por um ambiente não tão tranquilo e um serviço muito menos agradável, então o custo-benefício vale a pena! Já escolheu seu favorito?? Para saber mais sobre o restaurante, clique aqui e acesse o site… Dizem que eles servem um shabu-shabu delicioso, anda quero experimentar. Espero que tenham gostado da dica, mil beijos e até amanhã <3

Nenhum Comentário sobre Festival de Noodles no Kinu