Fazendo Chocolate em Casa

27 de novembro de 2012

Quanto mais perto do Natal a gente fica, mais vontade de ficar horas na cozinha preparando alguma coisa mais caprichada eu tenho, engraçado né? Nesse fim de semana comecei a listar as guloseimas e presentinhos que quero preparar até a primeira quinzena de dezembro e uma das primeiras coisas que eu pensei foram biscoitos e chocolates, claro.

Vocês já devem ter reparado que eu adoro assar fornadas de cookies e amanteigados com temas e aromas natalinos, mas de todas as receitas que fazem parte do mês de dezembro, essas são as mais fáceis e as que eu mais ensino aqui no blog, então hoje resolvi falar sobre um assunto diferente… Vocês já fizeram chocolate em casa? É uma ótima forma de agradar pessoas queridas gastando pouco e se dedicando bastante, afinal quem gosta de comer chocos faz isso o ano inteiro, você não precisa esperar a Páscoa, desde que use a criatividade na hora de inventar os recheios.

A primeira coisa que você deve levar em consideração é a finalidade do chocolate: você quer presentear, decorar, servir junto com a sobremesa ou apenas deixar em um pote para que as visitas apreciem um docinho feito com carinho por você, adorável anfitrião? Da ultima vez que eu fiz trufas em casa a intenção era apenas encher um pote com algum doce de embalagem rosa e brilhante, então achei cabível fazer trufas com recheio cremoso de pétalas de rosas… Isso mesmo, mas vamos por partes.

  • Escolhendo a forma ideal:

A parte mais difícil na hora de fazer bombons, trufas e chocolates no geral em casa, é justamente a escolha de um molde que seja fácil de manusear. Se você quer fazer um chocolate com formato engraçado, diferente ou muito detalhado, não vai ter opção a não ser comprar moldes de silicone. Talvez você tenha dificuldade em encontrar formas para chocolate em silicone com formatos muito ousados, mas pode ser bem fácil (e barato) encontrar opções legais de forminhas de gelo em silicone e elas servem perfeitamente para chocolate também.

Se você quiser fazer algo num formato mais clássico, como trufas e bombons convencionais, o mais barato é comprar moldes em acetato: geralmente eles custam entre R$ 1,80 e R$ 6 e podem ser reaproveitados algumas vezes.  A utilização de todas as formas geralmente é recomendada pelo fabricante na embalagem, então não tem como errar.

Para fazer trufas o meu molde favorito é o de PVC com silicone, se você nunca fez chocolate em casa e não tem experiência em desenformar bombons mais frágeis, com certeza essa é a melhor opção. São duas formas de PVC com uma folha de silicone entre elas, o que permite que você faça a casquinha de fora da trufa sem precisar ficar girando a forma igual a Kátia Fonseca fazendo ovo de Páscoa e sujando a cozinha inteira.

Basta você colocar uma colherada de chocolate na forminha, pressionar o molde de silicone por cima do chocolate, levar à geladeira e pronto! Seu bombom está pronto, brilhante e bem acabado – pronto para receber o recheio. Essas formas geralmente custam entre R$ 3 e R$ 8.

  • Escolhendo o chocolate ideal:

Eu sempre quis fazer as minhas próprias trufas em casa, mas acabava adiando porque na minha cabeça, comprar um bom chocolate para uso culinário era muito caro. Eu estava totalmente enganada, porque apesar de uma barra de 2kg de chocolate Nestlé custar cerca de R$ 35, ela rende cerca de 80 trufas grandes… Eu demoro muito tempo pra comer tudo isso e se guardar o chocolate direitinho, ele demora demais pra estragar então sai bem mais barato do que eu imaginava.

Existem muitas marcas a venda, algumas com mais gordura, mais leite, mais chocolate amargo e pra isso não existe muita regra, obviamente você quem vai escolher de acordo com as suas preferências. Mas se você quer que a casquinha da sua trufa seja firme, brilhante e ainda assim gostosa, eu recomendo que você compre barras profissionais, próprias para derretimento. Da ultima vez comprei uma da Garoto, chamada Blend (que tem embalagem amarela) que é uma mistura de chocolate ao leite e meio amargo. Além de o chocolate ser bem gostoso, ela não precisa ser temperada em mármore caso seja derretida no microondas, ou seja: toda aquela dificuldade de derreter chocolate em banho maria, esperar chegar na temperatura certa, espalhar numa pedra gelada e juntar tudo novamente na panela com ajuda de uma espátula acabou. Fazer chocolate em casa além de mais gostoso, finalmente ficou prático YAY!

Por esse motivo da facilidade, recomendo altamente a compra de chocolate profissional. Se você achar o gosto menos interessante que o chocolate convencional (é menos doce, geralmente) relaxa, porque todo mundo sabe que a melhor parte da trufa é o recheio e sobre isso a gente vai falar agora.

  • Recheando o seu chocolate:

Aqui que a magia acontece, esse é o momento onde seu chocolate pode se tornar incrível ou um desastre, tudo depende do que você vai escolher para o recheio. Nas minhas receitas, eu sempre faço uma base de ganache com algo a mais, mas esse creme nada mais é do que uma parte de chocolate derretido + uma parte de creme de leite, portanto não dá pra deixar fora da geladeira por mais de uma semana e dentro da geladeira por mais de 15 dias, senão azeda o creme e você vai ter que jogar seus gostosinhos no lixo.

Então se você precisa que a validade dos bombons seja superior a esse período, o que eu recomendo é que compre recheios industrializados como: doce de leite com conservantes, misturas lácteas ou geleias emulsionadas. Mas se você não pretende deixar seus bombons na janela pegando sol ou num abrigo nuclear para comer nos próximos 15 anos, a receitinha para rechear 10 trufas grandes é a seguinte:

  • 150 gr. de chocolate derretido,
  • 1 caixinha de creme de leite (pode ser o de soja).

Basta misturar esses dois ingredientes para rechear os seus bombons, mas se você tiver animadíssimo pode acrescentar à este creme encorpado outros sabores, como bebidas alcoólicas, geleias, raspas de frutas cítricas, essências e qualquer outra coisa que você inventar! Eu já fiz até com abacate batido no liquidificador e o resultado foi sensacional, mas nesse caso eu recomendo que misture apenas a fruta batida e o chocolate, tirando o creme de leite da receita, pra ficar mais cremoso. Recheio de chocolate tem que ir experimentando, testando, pesquisando e não pode ter preguiça pra fazer, porque não dá trabalho, mas os processos são meio demorados.

Da ultima vez que eu fiz, adicionei uma colher de sopa bem cheia de geleia de pétalas de rosas à mistura de chocolate e creme de leite. O resultado é um creme rosado e extremamente perfumado, porém com um sabor leve e refinado, mas essa variação é só uma ideia: algumas coisas que eu já testei e amei foram baileys, tequila, limão, gema de ovo cozido com nozes, alecrim, casca de limão siciliano com pimenta rosa, conserva de gengibre… Dá pra fazer muita coisa, só não pode ter medo de arriscar!

E vocês, já fizeram chocolate em casa? Já pensaram em trocar as lembrancinhas bobas de Natal por gostosuras feiras por você mesmo? Beijo e até amanhã <3

12 Comentários sobre Fazendo Chocolate em Casa