DJ Clazzi

27 de abril de 2012

Hoje daremos continuidade ao meu plano de apoio à dominação mundial Sul-Coreana, com mais uma dica musical. Aloca, hahahaha. Mas tá gente, todo mundo que não fica ~navegando na net~ curtindo um som e pesquisando, deve achar que todos os coreanos são loucões, porque metade trabalha com desenvolvimento nuclear e a outra com K-Pop. Mas calma gente, ainda há esperança, afinal em todos os lugares do mundo (ou quase, ou tô mentindo) existe gente normal. Gente que usa calça jeans (na Coréia do Norte não, ok), trabalha, tem família e paga conta de luz. Felizmente, alguns desses civis ainda conseguem fazer sucesso e trabalhar no mundo do show business, uma dessas pessoas eu admiro demais e falaremos dele hoje, o DJ Clazzi.

Kim Sung-Hoon sempre teve interesse em música e se formou na Capilano College, no Canadá. Depois da graduação, trabalhou como webdesigner e fez seu lindo e finado site, onde subia as musiquinhas de sua autoria. Uma vibe meio João Brasil, mas no ano 2000. Muitas pessoas que estavam entediadas com a cena musical coreana (entre elas meu irmão hipster que não suportava mais me ver ouvir BIGBANG) se voltaram para sua música, já que a mistura de música clássica, jazz e groove eram inéditas no segmento, até então. As primeiras músicas disponibilizadas eram trabalhos ainda em fase de produção, daí a razão pela qual a banda é muitas vezes chamada de The Clazziquai Project, dã.

Os irmãos Coreano-Canadenses Christina Chu e Alex Chu (lindo) apareceram no trabalho do DJ Clazzi nos três mini-álbuns on-line Gray, Red e Retro. Foi assim que o Clazziquai (CQZ) nasceu cresceu, a tal ponto que assinou com uma gravadora e lançaram oficialmente seu disco de estréia, o Instant Pig, em 2004.

Em 2005, o segundo álbum do grupo, Color Your Soul (o que eu de fato adorei e me fez virar fã da banda), mostrou uma ligeira mudança no estilo de sua estréia, com mais elementos acústicos aparecendo e caracterizando-os como mais comercial. Adoro música comercial, acho que coisas criadas sem fins lucrativos não são boas o bastante e na maioria das vezes são perda de tempo, mas mesmo assim, a banda negou as acusações deliberadas de estar fazendo música comercial e disse que simplesmente continuaram a produzir a música que eles queriam, ao invés da que o grande público quer (todas falam isso, né? Hahahaa, chega gente). Se for esse ou não o caso, o álbum foi um sucesso. No mesmo ano, Clazziquai contribuiu com um remix de So Exclusive para o álbum Dope Space Nine do m-flo, que é tipo o Chris Brown da Coréia.

Eu poderia falar mais sobre toda a discografia da banda, mas acho que seria um saco, né? Entediante, mas dou a dica que na mãe dos burros e inventores, Wikipédia tem detalhes sobre todos os sucessos e lançamentos. A grande sacada é deixar registrado que o Mucho Musica e o Mucho Punk são, provavelmente, os melhores álbuns que já ouvi, então recomendo altamente que vocês baixem, porque comprar um álbum importado só pra conhecer a banda eu já sei que vocês não vão, né hahahahaha.

Mas na verdade o grande motivo do post (e de você ter lido até aqui) é pra contar não só que o DJ Clazzi lançou um álbum solo (sem os irmãozinhos bonitos) e que o álbum é muito bom! Tava nas duvidas porque achei que poderia ser muito eletronicamente coxinha, porém as musicas são incríveis e tem participações muito boas, famosas e divertidas.

O nome do disco é Infant e as musicas inclusas são:

1. Bad Girl – Featuring Whale of W & Whale
2. Love & Hate – Featuring Yi Sung-yol, MYK
3. Where’s Dance – Featuring Jinsil of Mad Soul Child
4. 40 Nights – Featuring Hyun-song & Su-ryun of The Koxx
5. Star Child – Featuring Christina, MYK
6. 우리 변한거잖아 (We’ve Changed) – Featuring Im Seulong of 2AM
7. Can Only Feel – Featuring Kim Wan-sun
8. Loving You – Featuring Jang Woo-hyuk, Cho Hyun-a of Urban Zakapa
9. Sexy Doll – Featuring Kota & Jubi of Sunny Hill, MYK
10. Crazy For Love –  Featuring Christina
11. 우리 변한거잖아 (We’ve Changed) – Remix version (bonus track)

Demorei tanto pra ouvir o CD com atenção e me decidir se amava ou nem ligava, que já tem até faixa com clipe, olha! Adorei a musica, que tem participação do Seulong, do 2PM que eu tanto gosto:

E tem esse também, que apesar de eu não ter achado o clipe tão lindo quanto o outro, a musica já é uma das minhas favoritas no planeta, daquelas que quando a gente ouve passa uma impressão de que o mundo é um lugar incrível e que todo mundo está na mesma vibe:

Gostaram da dica? Acho uma alternativa interessante pra quem quer entrar na onda hallyu, mas não gosta tanto de pop. Quem tem PSP provavelmente vai achar as musicas familiares, afinal o Clazziquai tem uma edição do DJ Max Portable dedicada só pra ele. Adoro jogos de ritmo, quando é com musicas que eu adoro, nada pode soar melhor, hahahaha.

Se você gosta de musicas e coisas da Coréia do Sul, no geral, não deixa de participar do sorteio do novo CD do BIGBANG, o resultado sai na segunda-feira!  Beijo <3

5 Comentários sobre DJ Clazzi