85 Lugares Para Você Aproveitar Minhas Férias – 2

16 de outubro de 2012

Oi gente, tudo bem com vocês? Espero que esteja tudo incrível e divertido por aí! Não sei se vocês sabem, mas eu tô de férias e nesses 10 dias de descanso vou aproveitar pra fazer o que mais gosto: comer bem! Estou colocando muitas receitas em prática e saindo para comer em lugares diferentes com maior frequência também. São as coisas que eu mais gosto de fazer quando tenho tempo!

Como é o meu tempo de folga, mas também quero que vocês tenham momentos inesquecíveis, fiz uma lista com 85 lugares que já comi coisas dos mais variados tipos: tem sorveteria, pizzaria, japonês, coreano, comida por quilo, tudo pra todos os bolsos. Os comentários são curtos, mas expressam exatamente a minha opinião sobre o local, então tem coisa que eu gostei e tem coisa que detestei e não quero que vocês se empolguem na hora de visitar. Tenho recebido muitas reclamações por postar apenas coisas que eu adoro, então lancei as criticas negativa também.

Vou postar todas essas recomendações ao longo da minha ausência, um pouquinho por dia,  e quem tiver mais pode indicar nos comentários também, combinados? Sei que ninguém gosta de entrar em blog e não ter post novo, portanto os lugares que você precisa comer antes de eu voltar são:

  • Ping Pong

Um desaforo para a história da comida chinesa. É um restaurante extremamente desconfortável e contrario ao ambiente amigável e descontraído das casas tradicionais de dim sum. Na época de sua abertura foi muito concorrido e acredito que a rotatividade do freezer era maior, porque não sinto mais o frescor dos ingredientes que sentia antes.

Vale a pena a visita porque o lugar é lindo e deve ser interessante para aqueles que querem experimentar essa delícia, mas ainda estão receosos em relação a coisas mais exóticas. Pra quem gosta de comer algo muito diferente ou tradicional, como eu, deixa um pouco a desejar. Ótimo para começar a conhecer a gastronomia chinesa fugindo de clichês como o yakissoba :)

  • Black Dog

Definitivamente não pode ser fresco para comer no Black Dog, já que se trata de uma linha de montagem de cachorro quente. Na unidade da faria lima, tem a vantagem de ser 24h e a desvantagem de dar muito medo de ficar lá depois das 6 da tarde, é um ambiente realmente assustador e vazio, muitas vezes os atendentes abandonam o caixa e ficam fazendo alguma coisa no interior da loja.

O atendimento é de chorar, fiquem espertos e confiram os pedidos, os valores passados nas máquinas de cartão, tem que estar atento sempre. Mas gosto de comer lá porque os lanches são muito bons, tem muita variedade de salsicha e recheio, com Pepsi de máquina como acompanhamento, ou melhor ainda, suco de açaí!

  • The Fifties

Pra mim o melhor hambúrguer de São Paulo tá lá: sempre peço o Pic Burguer e todas as vezes foi uma experiência impecável. A batata deles é algo entre o Mcdonalds e a batata rustica, porém acho um desperdício a opção com cheddar, já que ela é realmente mais cara e nem vem tanta cobertura assim.

Para evitar frustrações e garantir uma refeição memorável, vá de batata frita com porção de maionese, Pic Americano e milkshake de Nutella, que tem uma quantia tão grande do doce quanto possa caber num pote, magnifico.

  • Chi Fu

A graça já começa no nome do restaurante que deveria ser sea food, mas graças a dificuldade de comunicação do proprietário, ganhou um diferencial a mais. O melhor lugar para comer comida chinesa em São Paulo, já que os pratos são muito fieis as receitas tradicionais e o cardápio tem grande variedade de pratos.

Para um atendimento pontual, chegue com uma hora de antecedência, pois o estabelecimento não trabalha com reservas e a fila na porta pode ultrapassar as 10 mesas de espera. Para não errar no pedido, circule no restaurante e escolha dentre os pedidos ds seus vizinhos de mesa, não tem erro!

  • Rangetsu Of Tokyo

Faz parte de uma rede de restaurantes orientais tradicional muito famosa ao redor do mundo, esse deve ser justamente a razão do cardápio conter itens tão caros.

O mais famoso e diferenciado deles é sem duvida alguma o shabu shabu, receita que consiste em algo parecido com um fondue de água, já que os alimentos são cozidos na mesa, uma porção de cada vez e esta porção sempre do tamanho de uma mordida. É slow food, mas é uma delícia e super saudável. Dentre muitas opções de legumes, verduras e carnes, destaque para o kobe beef.

  • Hambúrguer do Sujinho

Um dos estabelecimentos moderninhos mais famosos de São Paulo, o sujinho de dá ao luxo de não trabalhar com nenhum cartão como forma de pagamento. Os hambúrgueres lá são esquisitos, é muito fácil ver alguém se confundindo é pedindo um hambúrguer de prato quando na verdade gostaria realmente de um sanduiche, pode ser uma experiência frustrante caso você não preste atenção.

A parte boa é que as batatas fritas têm muitas opções de molhos e esta é apenas uma da grande lista de variados acompanhamentos e apetizers. Existem opções saudáveis e vários sanduiches com adição de legumes, como o hambúrguer de picanha com abobrinha e berinjela, delicioso!

  • Lamen Kazu

Melhor lamen que eu já comi. Massa muito diferente de todas as outras da liberdade, já que é importada de uma cidade japonesa. Pode parecer meio caro no inicio, mas quando você receber a sua porção que é gigantesca, vai valer a pena com certeza.

O caldo é hiper amanteigado e rico em sabores, todas as opções são muito criativas e deliciosas, mas recomendo para um dia frio, já que pode ser um pouco forte e quente demais para os dias de verão. Vale a pena telefonar antes de ir, não para fazer reserva, apenas para checar se esta sendo servido o lamen. Por qualquer mínimo problema na alfandega eles ficam sem os ingredientes e passam a servir coisas… Desinteressantes.

  • O Pedaço da Pizza

A que eu mais compro e mais adoro, sem duvidas é a de 3 cogumelos com couve, muito diferente, leve e deliciosa. Mas esta é apenas a mais cara de muitas opções disponíveis para o cliente escolher e ver assar, pouquinho antes de comer. Como o nome já diz, você pede o pedaço e come em um dos bancos do balcão ou nas mesinhas do pequeno salão.

Mas cuidado, sexta e sábado são dias impossíveis de conseguir lugar e a demora pelo seu pedaço pode chegar até a 40 minutos, então vai com a galera e tranquilinho, porque atendimento de primeira não é o carro chefe da casa.

 

Espero que vocês tenham gostado das dicas, experimentem e me desculpem por estar levando um tempo maior que o normal para responder e-mails, comentários e conversas lá da fanpage. Dia 29 eu volto com força total! Beijo e amanhã tem mais <3

1 Comentário sobre 85 Lugares Para Você Aproveitar Minhas Férias – 2