5 Livros do Momento

Mês de julho mais morno e tristinho de todos os tempos: a Flip começou e eu estou tão, tão, tão distante de Paraty. Mas não tem problema! Quer dizer, que mentira, tem muito problema sim, hahahahah. Mas se você é como eu e está trabalhando loucamente fora do ramo editorial, porém quer fazer a festa literária na sua casa, agora ficou ainda mais fácil.

Separei os livros do momento, pelo menos os do meu momento, pra você comprar baratinho, ler e montar a sua mesa de discussão seja lá onde for, porque quem tem um livro como amigo não precisa de festa internacional para ficar contente <3

  • Serena

Desde o sucesso do romance Reparação, a expectativa gerada por um lançamento de Ian McEwan foi gigaaaante, né? Espertos foram aqueles que pesquisaram um pouquinho e leram também Solar e Amor Sem Fim, que pra mim são os melhores títulos dele.

Serena deve ser o livro que mais vai agradar os fãs de Reparação, não só por se tratar mais uma vez de uma personagem feminina que revê um momento histórico relevante (aqui, o começo da década de 70), mas por permitir que o leitor reviva a discussão sobre os limites da literatura como reelaboração da realidade. É coisa de gente culta, gata! Mas você é culta, vem comigo.


Ao ser contratada pelo MI5, o Serviço Secreto Britânico, a protagonista Serena se vê como participante de uma mentira cujo objetivo é fomentar a criação de uma ficção. Isso porque ela é incumbida de estabelecer contato com um escritor a quem não pode contar que é uma espiã, nem que o dinheiro que ele passará a receber virá do Estado. Mas o contexto de toda essa armação é uma guerra muito real, num período bastante violento da história da Inglaterra, especialmente por causa da atividade do IRA.
Para Serena, o caso envolve ainda sua vida pessoal, porque mulher é assim, não sabe separar as coisas. Tanto no que se refere a seu antigo amante, que a introduziu no MI5, quanto no que se refere ao escritor que é vítima do ardil, por quem acaba se apaixonando. Ela é, portanto, agente e vítima, personagem e criadora, num romance em que todos esses papéis são questionados com fervor. Mas só no fim do livro que você vai entender a verdadeira dimensão do grau que atingiu essa fusão, tanto na história que estamos lendo quanto na nossa relação com o livro e seus personagens.

Eu achei um pouco chato porque não gosto de espiões, serviço secreto e coisas históricas. Mas na verdade, talvez não tenha curtido pelo simples fato de que sou um pouquinho burra pra essas coisas. Vale a leitura pela riqueza de detalhes na trama, muito envolvente do começo ao fim e também pelo fator atualidades, já que esse livro é o assunto que mais vejo ser comentado nos últimos dois meses. O autor estará na Flip sábado, caso você queira dar um passeio em Paraty talvez tenha a chance de vê-lo pessoalmente, enquanto eu fico aqui chorando de inveja. Mas se você não for, dá pra comprar o livro aqui por R$ 29,90, o que para um livro da Companhia das Letras é meio que de graça.

  • Resposta Certa

Esse é do mesmo autor de Um Dia, livro que marcou meu ano de 2012 porque com ele eu rí, eu chorei, eu fiquei com raiva, eu defendi a mocinha, defendi o mocinho, detestei todo mundo e não consegui largar até terminar.

Dessa vez o ano é 1985 e o querido do momento é Brian Jackson, que com uma bolsa de estudos e ótimas notas, acaba de entrar para a universidade. E parece que finalmente conseguirá realizar um antigo sonho: aparecer em um popular programa de perguntas e respostas na televisão, no qual poderá demonstrar todo o seu repertório de cultura geral. Após entrar para a equipe da faculdade e passar pela fase classificatória, Brian se prepara para seu primeiro embate televisivo, ao mesmo tempo em que se vê apaixonado por uma de suas colegas de time: a linda, inteligente e assustadoramente elegante Alice Harbinson.
Quando Alice se recusa a ceder aos encantos ligeiramente ansiosos de Brian, ele arma um plano infalível para conquistar o coração de sua amada de uma vez por todas. Vai ganhar o jogo. A qualquer custo. Afinal, todos sabem que o que uma mulher realmente procura em um homem é uma vasta gama de conhecimentos gerais… Not! Mas se ele acha, né? Mal pra ele não deve fazer, hahahaha.

Adorei esse autor porque ele não pira nos detalhes e conta as historias mais realistas que já lí, ou seja, na maior parte das vezes as coisas não dão certo, mas nos fascinam e é o que importa num livro. O barato da vez por R$ 22,90 <3

  • Sobrevivente 

Segundo livro de Chuck Palahniuk, autor de Clube da Luta, Sobrevivente é uma história cheia de ironia e sarcasmo, que usa como cenário um país que tropeça em seus próprios valores, e onde qualquer um pode virar modelo de qualquer coisa.

Gente, como eu odeio esse cara! Só tem uma coisa que eu detesto mais do que o Chuck Palahniuk: Clube da Luta, livro escrito por ele. Tem alguma coisa nesse livro e nesse autor, que deixa algumas pessoas obcecadas, fazendo com que levem suas obras exageradas como se fosse uma religião. Mas isso pode ser bom, né? Ao mesmo tempo quer dizer que são livros convincentes, com boa historia e trama realista. Eu não curto porque tento ver sempre o lado bom da vida e ele é um pouco negativo. Mas esse livro é leitura mais do que necessária caso você queira dizer pra alguém, algum dia, que gosta de ler e é uma pessoa atualizada.

Tender Branson, um dos poucos sobreviventes da Igreja do Credo — um misto de igreja que possui costumes puritanos e tendências suicidas com sociedade fechada — e não entende muito qual a sua função fora dos parâmetros estabelecidos pela sua religião. Não que a sociedade fora da Igreja também não imponha regras, mas a suposta liberdade de escolha que se diz haver incomoda esse homem. Branson é um empregado esforçado numa mansão que nem ele mesmo conhece os donos, é maníaco por organização e sabe todos os truques para manter a ordem. Mas toda essa falsa perfeição esconde lados sombrios dele como, por exemplo, sua identidade noturna de conselheiro para suicidas via telefone. No dia em que Tender resolve mudar as regras, sua vida simplesmente dá uma reviravolta rumo à situações pouco prováveis, mas realistas. Presente incrível para homens que pode ser adquirido por R$ 29,90.

  • Refúgio: Uma História de Mickey Bolitar

Mais um livro tipicamente masculino, porém muito adorado por mulheres ativas e não preconceituosas. Pra mim o autor Harlan Coben é o cara dos anos 2000, tenho certeza absoluta que um dia ele vai ser mais famoso que o Silvio Santos, porque seus livros são incríveis e o cara é uma máquina de escrever.

Apresentado ao público pela primeira vez no suspense Alta tensão, Mickey Bolitar se vê obrigado a ir morar com seu tio Myron, um ex-agente do FBI, após testemunhar a morte do pai e internar a própria mãe numa clínica de reabilitação. Agora o rapaz precisa se esforçar para conviver com o tio, de quem nunca gostou muito, e ainda se adaptar ao novo colégio.


Para sua sorte, ele logo arruma uma namorada, a doce (e sonsa) Ashley, que também é nova na escola. Quando sua vida parece estar entrando nos eixos, o destino lhe reserva uma surpresa: Ashley desaparece misteriosamente. Determinado a não perder mais uma pessoa importante em sua vida, Mickey contará com a ajuda de seus novos amigos, os excêntricos Ema e Colherada, para seguir o rastro da namorada.
Para piorar, uma idosa reclusa da vizinhança lhe conta que seu pai ainda está vivo, sem dar maiores explicações. Quando esses dois mistérios se cruzam, Mickey descobre que está envolvido numa rede de intrigas que o levará a questionar a vida que acreditava ter. Perspicaz e esperto como o tio Myron, Mickey está disposto a fazer tudo o que for preciso para salvar as pessoas que ama.

Tem como ter mais historia e coisa pra descobrir num livro? Todos os deles são assim, de prender o folego até a última pagina. Baratinho que só ele por R$ 19,90.

  • O Torreão

A autora Jennifer Egan é simplesmente o xodó da literatura atual, a princesinha dos livros, a rainha do castelo de páginas e simplesmente tudo que você precisa ler pra não parecer que vive numa bolha, porque até na Rolling Stone saiu matéria de página dupla sobre ela, está arrasando.

Este livro conta a historia de Danny, que é um nova-iorquino viciado em celular que, entre outros estranhos talentos, consegue detectar na própria pele se um lugar tem sinal de internet wi-fi. Quando seu primo Howard, de quem havia se afastado após uma brincadeira de mau gosto na adolescência, o convida para conhecer o castelo europeu que comprou e está reformando com a intenção de transformar em hotel de luxo, Danny acha que é uma boa oportunidade para retomar o contato e ao mesmo tempo fugir da confusão que arrumou em seu último emprego.


Ao chegar lá, no entanto, as coisas começam a ficar estranhas. O torreão do castelo, que serviu de fortificação durante muitos séculos e resistiu a diversas tentativas de invasão, ainda é ocupado pela antiga proprietária – uma baronesa sinistra que parece velha demais para estar viva. Uma piscina mal-assombrada e um traiçoeiro labirinto subterrâneo completam a aura de mistério do lugar. Quando o pânico toma conta de Danny, ele descobre que a “realidade” pode ser algo em que não consegue mais acreditar.

De maneira inventiva e subvertendo os limites entre fantasia e realidade, Egan constrói uma história que prende o leitor a cada página e nos faz ter vontade de reler o livro muitas vezes. Nos faz ter vontade de ir à Flip no próximo sábado também mas… Espero que como todas as outras vontades que dão, a minha passe também, hahahahah. Surrealmente barato se derivado ao fator hype do momento, por R$ 22,90.

Gostaram das sugestões de leitura? Estão lendo coisas legais que não são milionárias? Deixa a dica nos comentários! Beijo <3

1 Comentário sobre 5 Livros do Momento