5 dicas para fazer uma festa mexicana!

Sexta-feira é dia de alegria, de happy hour, de comer coisas gostosas, rir com os amigos e ultimamente, ver o jogo dos países amigos na Copa… Então por que não fazer uma festa? Semana passada foi aniversário do meu padrasto e de uma prima dele, daí como os dois adoram comer petiscos incríveis e tomar tequila, resolveram fazer uma festinha (que virou festona) com o tema México.

Sinceramente no começo a gente teve um pouco de receio pelo tema tão característico, mas ele e a minha mãe se esforçaram um pouco na 25 de março e conseguiram algumas inspirações na internet, daí tudo ficou muito incrível! Me diverti muito, achei tudo delicioso e tomei ótimos drinks enquanto usava meu bigode de mentira, então hoje vou dar 5 dicas para vocês reproduzirem isso em casa e se divertirem pencas nesse fim de semana.

Comida mexicana: vocês já devem imaginar, claro, que uma festa mexicana não vive sem comida mexicana! Sinceramente essa é uma das culinárias que eu mais amo, fica quase ao lado no podium com a culinária japonesa e com a coreana, então pode se dizer que sou realmente uma entusiasta. Nesse caso, pode ser um pouco chato para os preguiçosos, porque o ideal é fazer tudo em casa fresquinho, até dá pra comprar, mas deve sair bem caro, principalmente para a quantidade de convidados que nós tinhamos. Não consegui tirar foto da mesa de comidas, porque quando resolvi fazer esse post já estava meio no fim da festa sabe? Daí já estava um pouquinho bagunçado, todo mundo já tinha comido pencas (inclusive eu!), então não ia ficar totalmente lindo, daí deixei pra lá. Mas tinha muita guacamole (que eu ensinei a fazer aqui), chilli, salsa, queijos cremosos, quesadillas de frango e quesadillas de camarão, um sucesso! Descobri que o meu padrasto faz o melhor chilli do mundo e que a minha mãe é realmente muito criativa, afinal ela colocou sombreros nas mesas para servir os nachos, ficou lindo.

Drinks: uma boa festa, pelo menos na minha família, ok, precisa de muitos drinks e bebidas gostosas! Como o tema permitia, minha mãe fez algumas jarras de frozen marguerita (let it go muchachas), na verdade ela sempre faz isso no fim de semana, então pelo menos dessa vez tava dentro do tema hahahahaha. Outra coisa que não pode faltar numa festa mexicana são tequilas, que viraram as grandes estrelas da festa! Eu fui uma das que menos bebi e tomei umas 10 doses, naquele esquema do sal com limão. Acho deliososo, é uma das bebidas que eu mais gosto e como tomei bastante coca-cola nos intervalos e comi muito (sério gente, eu comi demais… tipo muito mesmo), não fiquei nem alegrinha sabe? Bêbada então, passei muito longe! Porém meus familiares que tomaram mais de 20 doses não podem dizer a mesma coisa hahahahaha. Mas nem todo mundo bebe alcóolico e é legal ter outras coisas doses pra hidratar e balancear os drinks, então também tinha refri, refri diet (pro meu irmão mais novo que é diabético), água, suco e cervejas.

Doces do dia seguinte: é bem verdade que com tanta comida e bebida, ninguém precisava realmente de doces, mas é justamente isso que faz deles uma das coisas mais sensacionais da festa. Ter muitos doces gostosos numa festa com muita comida é a garantia de um café da manhã triunfal no dia seguinte! Sinceramente a tia e a mãe do meu padrasto fazem os melhores doces do planeta, nunca comi um docinho mais incrível que o delas, acho que é a família que as pessoas ficam mais próximos da mesa na hora do parabéns, porque quando a música acaba todos precisam garantir os docinhos de uva, que são tipo brigadeiros brancos recheados de uva verde, a melhor coisa do mundo. Também adoro como a mãe do meu padrasto faz brigadeiros imensos e com chocolate meio amargo, que ficam logo ao lado dos melhores camafeus que já comi. Mas voltando ao tema central, doces não são tão importantes assim se você tiver um bolo e muita comida, mas se você tiver muitos doces na sua festa, vai sobrar mais do que louça pra lavar na manhã seguinte, quando você tiver de ressaca.

Bigodes: essa foi uma ideia incrivel que a minha mãe teve e deixou a festa muito mais engraçada e mexicana. Ela foi na 25 de março e comprou 3 cartelas com vários modelos de bigodes diferentes, era só destacar para separar os modelos, que tinham nomes engraçados. No começo todo mundo se fez de tímido e no fim da festa todos estavam de bigode, aliás algumas pessoas tambem colaram nas sobrancelhas, nas costeletas, pelo rosto inteiro, foi muito legal. Tinha até um bigode especial ruivo para uma amiga que pintou o cabelo recentemente. Acho que essas coisinhas dão o toque na hora de fazer festas temáticas, se joguem na 25 e sejam felizes.

Pinhata: eu acho que esse foi o ponto alto da festa, porque ninguém nunca tnha visto uma pinhata de verdade e como a festa era mexicana, ficou totalmente temático. Mas ao mesmo tempo, foi uma das maiores ciladas que eu já cai hahahaha. Minha mãe me ligou uma semana antes falando que ia fazer uma pinhata e o que eu achava da ideia, achei ótimo, claro! Porém, quando eu cheguei na casa dela um dia antes da festa, a pinhata ainda estava muito no começo, faltavam umas 5 camadas de papel machê e toda a decoração, ou seja… Eu tive que fazer uma BOA parte da pinhata pra ela, junto com a Pati Tolentino, uma amiga nossa do Rio que está de férias aqui em SP conosco.

Foi bem engraçado e divertido na verdade, até porque a gente nunca tinha feito e deu muito certo, minha mãe tinha um plano muito bom pra fazer tudo funcionar, então passou todas as instruções que a gente precisava, acho que ela deveria montar uma empresa de fazer pinhatas! Mas acho que ela devia arrumar outras funcionárias, ou pelo menos uma tesoura nova, porque a unica que ela tinha estava muito cega e fizemos tudo com uma tesourinha de cortar unha hahahahaha. No fim das contas todo mundo amou, deitaram no chão pra pegar os maravilhosos doces que colocamos dentro, eu fiquei com bolha em todos os dedos, quebramos o copo de cerveja favorito do meu padrasto, mas tomamos caipirinha de pitaya e Strella Galicia por todo o processo.

Muito legal, né? Acho que é tudo o que você realmente precisa saber na hora de fazer uma festa mexicana na sua casa. Na verdade você também precisa saber qual é a bandeira do México, porque na 25 de março as vendedoras confundem muito e sinceramente eu também não saberia de cabeça hahahaha. Festa é uma delicia, mas todo mundo reclama que dá muito trabalho. Porém, como vocês podem ver, se todo o processo for feito com amigos e familiares muito especiais, dá pra ter até uma semana de diversão entre os preparativos. Espero que tenham gostado das dicas! Mil beijos e até logo <3

1 Comentário sobre 5 dicas para fazer uma festa mexicana!