4 documentários para assistir agora!

Tem coisa mais deliciosa do que conhecer novas culturas, realidades e pessoas sem sair de casa? Eu totalmente amo assistir documentários e tenho dedicado as minhas poucas horas livres para zerar o Netflix… O que tá difícil, já que eles sempre colocam coisas novas hahahaha. Assumo que sou preferência aos temas mais dramáticos, porque adoro filme que faz a gente chorar e acho que se a pessoa tá sofrendo e permitiu que filmassem a vida dela, ela realmente precisa ser ouvida, precisa de apoio na causa dela e tal, mas para começar a semana com uma super ~energia positiva~ hoje eu vou indicar 4 documentários que assisti nas últimas duas semanas e amei, mesmo não sendo assuntos tão dramáticos.

O mundo segundo os brasileiros: na minha casa não pega Band, já tentei mudar o sinal da TV digital, usar antenas normais… O canal não pega por nada nesse mundo, então eu nunca tinha assistido essa série pra ver se realmente era legal ou não, até que recentemente ela ficou disponível no Netflix! Só tem a primeira temporada e eu assisti inteira em uma semana, então mal posso esperar para liberarem o resto, porque amei. Deixo passando na hora do jantar e fico assistindo até a hora de dormir, fiquei bem viciada. É muito interessante pra saber como é morar nas cidades que eles mostram, já que os brasileiros falam sobre como é a comida, o transporte publico, o trabalho e a moradia de cada lugar. Só não recomendo pra quem realmente se importe em conhecer a história das tradições de cada cidade, porque são raros os casos em que as pessoas sabem explicar ou explicam certinho, já vi alguns erros nos programas asiáticos, por exemplo, mas mesmo assim acho muito legal assistir e ficar sonhando que estou morando no mundo inteiro.

The american scream: minha sogra é viciada no Natal e eu já percebi que vocês adoram acompanhar os preparativos… Mas e se ela fosse viciada no Dia das Bruxas?! Esse documentário mostra exatamente isso, homens e, às vezes, famílias inteiras que vivem o ano todo na missão de fazer a decoração de Halloween da casa deles ser a mais incrível da cidade! Como eles passam todos os dias fazendo enfeites e construindo coisas para assustar todo mundo em outubro, acaba que a casa deles fica meio decorada o ano inteiro e nem sempre as mulheres e as crianças levam isso tão na boa assim… É um ótimo exemplo de que nossos hobbies podem criar ou destruir relações, então precisam ser administrados com algum cuidado também.

Pageant: no ano passado o Netflix liberou RuPauls Drag Race e do nada todo mundo ficou viciado em acompanhar drag queens e transformistas, mas apesar de ser fã do reality show e não perder um único episódio, sempre tive curiosidade pra saber como cada um daqueles competidores realmente começou… Afinal todos eles participam do programa por já se destacarem como drags. Em Pageant a gente pode observar justamente o começo de cada um e principalmente as dificuldades que cada homem tem para ser a melhor mulher do mundo e ao mesmo tempo ser o melhor marido, o melhor funcionário ou o melhor pai do mundo. É um documentário meio longo, mas muito emocionante… Quando você pensa que está ficando monótono aparece a Alyssa Edwards no começo da carreira e já fica interessante de novo, só vendo pra entender hahaahaha.

Bronies: alguma vez vocês já assistiram My Little Pony?? Ok, é realmente normal que a resposta para essa pergunta seja “não”, porque de acordo com pesquisas, 90% de vocês têm mais de 22 anos e esse é um desenho extremamente infantil. É justamente sobre esse assunto que fala um dos documentários mais malucos e assustadores que eu assisti nos últimos tempos hahahaha. Adultos, muitas vezes homens, que são fãs e levam My Little Pony como um estilo de vida, quase uma religião. Eles levam a sério os conselhos que os pôneis dão, cantam as músicas do desenho e se comportam de um jeito que faz com que os otakus que ficam na Liberdade aos sábados pareçam executivos engravatados… São realmente fanáticos do My Little Pony e se você quer saber, essa moda já chegou ao Brasil, porque o meu irmão tem amigos Bronies. Achei o documentário legal porque eu nunca tinha assistido o desenho e pude entender melhor o fanatismo, aliás deu até pra perceber que em alguns momentos o desenho pode ser engraçadinho mesmo… Mas acho meio triste porque além do documentário ter sido elaborado da pior forma possível (eles não dão ênfase pra nada que realmente causa curiosidade e do nada surgem as piores inserções do mundo), no fim das contas você lembra que aquelas pessoas existem de verdade e que a vida deles deve ser meio chata.

E você, já assistiu algum desses documentários? Assistiu algum outro incrível? Deixem nos comentários, amo as indicações! Todos esses que eu citei estão disponíveis no Netflix, então ninguém tem desculpa pra não ver… Nem que seja no primeiro mês grátis hahahaha. Beijos e até amanhã <3

5 Comentários sobre 4 documentários para assistir agora!