3 filmes tristes e maravilhosos

28 de agosto de 2013

Ontem eu tava de boa bem tranquila trabalhando nas coisas do blog, quando estragaram a minha concentração produtiva com uma mensagem de texto, nela dizia: “fala um filme bonito, legal, interessante e da depressão pra eu assistir hoje?”.

Mensagens esquisitas vindas da Maria Eugênia são normais, tem dias que a minha prima manda pra todos os contatos do celular receitas, ou piadas, ou coisas de adivinhas… Eu nem respondo mais, porque sei que é um envio massivo e que ela faz isso pra matar o tédio durante as aulas, mas essa eu tive que pensar numa resposta! Porque sei que foi mandada apenas pra mim, já que meus filmes favoritos são extremamente tristes hahahaha. Daí fiquei pensando nisso por tanto tempo que resolvi indicar três filmes tristes, mas que eu amo, aqui no blog. Eles com certeza estão no meu TOP 10 filmes favoritos e vocês precisam assistir!

Dolls: três histórias inspiradas no teatro bunraku, também chamado de ningyo joruri, uma forma clássica de teatro japonês. São peças com fantoches, onde pessoas escondidas com vestes negras manipulam bonecos no palco. Baseado nisso, conheça a história de Matsumo e Sawako, que enfrentam a oposição da família dele para se casarem, o que resulta em uma tragica escolha; de Miro, um chefe da máfia que está muito mal de saúde e resolve voltar ao parque onde conheceu uma namorada que o abandonou há 30 anos atrás; e de Haruna Yamaguchi, que depois de um acidente que a transformou de uma badalada estrela pop a uma pessoa reclusa e de rosto coberto de ataduras, fica agora olhando para o mar.

Já assisti esse filme umas trocentas vezes e adoro repetir, porque ele é tranquilo e faz a gente pensar na vida, mas sem ficar chocado. Todas as histórias são extremamente bonitas e todas as transições são feitas com cenas de teatro bunraku, que eu acho bem interessante apesar de não entender direito o que cada ato significa. Orientais amam filmes tristes e eu sou simplesmente viciada em assisti-los, então já assisti muitos… Mas mesmo assim acho que esse é o filme mais triste que eu já vi, talvez pela quantidade gigante de silêncio que ele contém. Se você nunca assistiu, precisa muito…. Só de lembrar dele eu fico tão concentrada, que acho que vou rever no fim de semana. O diretor é o Takeshi Kitano, um dos japoneses mais famosos no cinema, então deve ser bem fácil de encontrar esse filme pra baixar no mundo ilegal dos downloads.

A Moment to Remember: Su-jin sempre foi uma garota um pouco esquecida. Ela acaba de sair de um mal relacionamento com um homem casado e tenta recomeçar sua vida… Então conhece Chul-soo, um homem bruto e de sentimentos frios. Su-jin, apesar da frieza de Chul-soo, se apaixona perdidamente por ele. Pode o amor tocar o coração de alguém tão frio? Só que os “esquecimentos” de Su-jin não param de aumentar, o que parecia algo simples, parece que se tornou algo muito grave… Como você se sentiria se esquecesse o amor da sua vida, sua famíla, amigos, trabalho, tudo? Será que o amor pode vencer todos os obstáculos?

Pronto, oficialmente não consigo me decidir qual é o filme mais triste, pensei que fosse Dolls, mas agora me lembrei de como foi a última vez que assisti A Moment to Remember. Foi a décima sexta vez que assisti e chorei tanto que o Raoni não me deixa mais ver hahahahaha, mas chorei de beleza… Sabe quando um filme é muito bonito, uma história é muito tocante? Esse é bem assim! É um dos meus filmes favoritos e muita gente na minha família adora ele, assisti pela primeira vez com o meu padrasto que também adora. Pra mim ele empata com o Be With You, no quesito “filme mais lindo do mundo”.

Never Let Me Go: Ruth, Kathy e Tommy cresceram em um internato conservador no interior da Inglaterra.Quando ainda adolescentes, eles descobrem que foram criados para serem doadores de órgãos e que todos eles estavam destinados à isso. Começa então uma incrível jornada repleta de intrigas e romances que levam esses três jovens a descobrirem o verdadeiro valor da amizade, do amor e da vida.

Gente, o que é esse filme? Simplesmente uma das coisas mais sensacionais e ricas que eu já assisti! Inicialmente fiquei muito chocada porque ele é maravilhoso and uma produção americana, daí depois descobri que era bom demais pra ser verdade, porque na real se trata de uma adaptação de um livro do Kazuo Ishiguro que eu acabei comprando depois de ver o filme. O elenco também é maravilhoso, dentre outras pessoas legais tem a Carey Mullingan e a Keira Knightley, que eu adoro e não consigo pensar em alguém melhor para o papel. Esse filme realmente é triste, mas como é um romance de ficção científica utópico, dá pra chorar um pouco menos e pensar muito mais… Simplesmente brilhante, tem que ver!

E você, qual seu filme triste favorito? Já assistiu algum da lista? Quero saber, deixem nos comentários! Ah, no fim das contas eu acabei indo dormir sem responder a mensagem da minha prima hahahahaha, tadinha, né? Mas eu tava cansada e foi bem gostoso dormir, sonhei com alguma coisa muito legal, mas esqueci o que foi. Espero que tenham gostado do post e que assistam os filmes! Beijos e até amanhã <3

21 Comentários sobre 3 filmes tristes e maravilhosos