1ª Conquista Banchan!

O post de hoje é pra todo mundo que ama descobrir comidas gostosas e conhecer sabores novos, ou seja, todo mundo que é maravilhoso, yay! No último sábado eu fui convidada pelo amigo João Son, autor de um dos meus blogs favoritos, o Banchan, para participar do primeiro encontro gastronômico organizado por ele e sua mulher, Rose Shin. Eles já organizaram com sucesso algumas aulas de culinária coreana, mas foi a primeira vez que abriram inscrições para turmas que desejassem conhecer restaurantes e aprender detalhes sobre o que é servido tradicionalmente em um jantar coreano.

Foi totalmente maravilhoso e incrível, eu mal posso esperar para uma segunda edição. Eu frequento bastante o bairro do Bom Retiro e alguns dos meus restaurantes favoritos estão lá, mas como nunca vou com algum coreano, acabo comendo (e amando) várias comidinhas que eu não sei direito o que são, principalmente os banchans, que são alguns acompanhamentos servidos nas refeições coreanas. Eu amo comer banchan, acho muito legal o conceito de petiscar vários acompanhamentos diferentes durante as refeições, mas sempre tem um ou outro que eu não faço a menor ideia do que é, então na 1ª Conquista Banchan eu experimentei várias coisas maravilhosas e ainda aprendi um pouquinho mais sobre essa que é uma das culinárias que eu mais gosto.

Os banchans servidos na 1ª Conquista, em sentido horário:
Muk, gelatina de bolota ao molho picante.
KongNamulJabche, macarrão de batata doce com broto de soja.
Chuchu refogado
Omuk, massa de peixe refogado com gochujang.
MyultiBokum, anchovinha no meio.

O encontro funciona assim: o João e a Rose escolhem um restaurante coreano que eles realmente gostem e selecionam alguns pratos tradicionais que o restaurante realmente prepare com excelência, daí eles vendem convites para o jantar (que mais parecia um banquete, vocês vão ver). Nessa primeira edição eles escolheram o restaurante Seok Joung e cobraram R$ 60 por pessoa, que é um valor ótimo tendo em vista o que foi servido e todas as explicações que eles deram.

Na verdade, acho que o mais legal está justamente na aulinha que a gente ganha enquanto come, porque é muito melhor sair para experimentar uma gastronomia que a gente não conhece, com alguém que é muito fera no assunto, pra explicar e ajudar em tudo, né? Sem falar que o João realmente ama comida, dá pra ver que ele realmente ama muito o blog e adora dividir todo o conhecimento que tem conosco.

O primeiro prato servido foi o Bulgogi, que é minha comida coreana favorita e até hoje não conheço uma pessoa que comeu e não gostou. Acho que é o prato coreano mais famoso e só de lembrar já me dá fome hahahaha, estava muito bom! É uma carne picadinha bem fininha, temperada previamente (acho que é marinada) e preparada com molho ganjang (clique aqui para aprender a fazer em casa), pera e açúcar. Estava muito muito muito gostoso, mil vezes delicioso. Eu amo bulgogi, mas nunca tinha comido nesse restaurante e já pretendo voltar ainda essa semana, de tanto que gostei. Ele servem com arroz (fica gostoso misturar com os restinhos da panela, já que você mesmo prepara na mesa) e com folhas de alface e de gergelim, pra fazer as melhores trouxinhas que já comi. Tá aí um exemplo de coisa que eu aprendi: eu sempre comi essa folha de gergelim com bulgogi e nunca soube que era de gergelim, porque até então só ia em restaurantes que ninguém falava português, então não dava pra perguntar. Eu amo a combinação <3

O segundo prato que foi servido na 1ª Conquista Banchan (amei esse negócio de conquistar os restaurantes, o nome é muito bom né? Me sinto num vídeogame hahahaha) foi Remulpajon, que eu nunca tinha comigo. É tipo uma panqueca (ele disse que tem gente que diz que parece uma pizza, mas não concordo) que ao invés de ser recheada, tem na massa um monte de cebolinha, camarão e lula. Ela é maravilhosa e até quem não gosta muito de experimentar coisas diferentes vai gostar desse prato, porque ele é muito bonito (parece um omelete caprichado), gostoso e nada apimentado, tem cara de aperitivo!

Pra finalizar, foi servido o OjingOhBokun, que pra mim foi o prato mais radical do encontro, porque até então eram coisas que qualquer pessoa iria amar comer, o que com certeza foi uma escolha maravilhosa para um primeiro encontro, né? Arrasaram! O OjingohBokum é um macarrão bem fininho servido gelado, com molho frio de pimenta, verdura e pedaços de lula. Ele não é tão apimentado a ponto de atrapalhar pra comer, mas se você não gosta de pimentas ou tem algum tipo de alergia, passe longe, porque é um pouco forte mesmo. Achei muito gostoso e amei a sensação de comer um molho bem apimentado, desses que deixa a boca quente… Com um macarrão gelado! Fica engraçada a sensação, é muito legal. Outra coisa que eu amei nesse restaurante é que quando eles falam que tem lula, camarão, frutos do mar no geral em algum prato, realmente vem bastante! Eu odeio quando compro algum prato de lula que vem três pedacinhos de lula no canto, então adorei.

Vocês sabem que eu como bastante e que geralmente fico insatisfeita quando faço refeições fora de casa, porque preciso de comidas deliciosas em uma quantidade grande pra ficar contente, mas pela primeira vez em muito tempo (talvez anos) não dei conta de comer tudo hahahahaha. Olha que todas as comidas estavam muito gostosas! No fim do jantar o João explicou mais um pouco sobre as comidas, sobre os projetos dele para o blog e ainda sorteou algumas coisas, dentre elas um bolo lindo e totalmente diferente de todos os bolos que eu já comi… É, eu comi, porque o sorteado dividiu com todo mundo que estava lá e essa foi a sobremesa, junto com as melancias que foram servidas. O bolo é todo feito em camadas com relevos diferentes, pra ficar bem colorido e fofo. A massa dele era bem pesada e uma simpática moça coreana que tava na minha mesa disse que só pode ser consumido no mesmo dia, porque no dia seguinte ele já está extremamente duro e borrachento. Parecia um moti, só que muito mais fofo e bonitinho, sem falar que quase não é doce também, esse só comendo pra entender hahahaha.

Foi uma noite incrível, fazia tempo que eu não ia a um jantar tão interessante, espero que o 2º encontro aconteça logo! Da próxima vez que tiver, vou divulgar aqui no blog também, assim vocês podem ir comigo conhecer as delicias da culinária coreana, vocês gostariam? Quem ficou com vontade de comer esses pratos, com exceção do bolo, todos fazem parte do cardápio do restaurante Seok Joung. Não tem a explicação maravilhosa do João e da Rose, mas dá pra matar a vontade!

  • Seok Joung
  • Rua Correia de Melo, 135 – Bom Retiro – SP
  • 11 3338-0737 / 3223-7163

Espero que tenham gostado do post! Aliás, todas as fotos de hoje não foram tiradas por mim, são do fotógrafo Fabio Lee. Agradeço novamente ao pessoal do Banchan pelo convite, foi um jantar muito legal, espero que existam muitas outras Conquistas Banchan e também cursos de culinária, porque tudo o que vocês fazem é um sucesso e dá pra perceber que tem muito amor e dedicação envolvidos.

Se você adora comida coreana e quer ficar por dentro de todas as novidades, não deixe de curtira página do Banchan no facebook, clicando aqui. Beijos e até amanhã <3

5 Comentários sobre 1ª Conquista Banchan!